- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique Banco Africano de Desenvolvimento apoia Moçambique com 44 milhões de euros

Banco Africano de Desenvolvimento apoia Moçambique com 44 milhões de euros

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) dispõe de uma linha de financiamento de cerca de 44 milhões de euros para Moçambique em 2014, anunciou hoje o representante da instituição no país, classificando como sustentável a dívida pública moçambicana.

(Foto: Lusa)
(Foto: Lusa)

Joseph Ribeiro referiu que o financiamento é destinado essencialmente ao desenvolvimento de infraestruturas, sendo que “metade será atribuída em donativo e a outra parte em empréstimos sem juros”, referindo que este valor poderá ser aumentado se o país investir em projetos inter-regionais.

“Se Moçambique decidir investir num projeto [inter-regional], como a interconexão elétrica com o Maláui, nós podemos multiplicar o valor. Por exemplo, se o país decidir investir 10 milhões de dólares, nós acrescentamos 15 milhões, para dar um total de 25 milhões”, explicou o representante do BAD no país, durante uma conferência de imprensa no âmbito da celebração dos 50 anos de existência da organização.

Se Moçambique optar por se candidatar a este financiamento extraordinário, a organização concederá um crédito do tipo não-concecional, através de um fundo regional que dispõe, cuja taxa de juro se situa atualmente em cerca de dois por cento.

Segundo Joseph Ribeiro, neste momento, o BAD apoia 15 projetos em Moçambique nas áreas de desenvolvimento de infraestruturas rodoviárias, de energia e de irrigação, assim como de apoio social, como o empreendedorismo feminino, e ao Orçamento do Estado.

A visão estratégica da instituição financeira, que reúne cerca de 80 países parceiros, está agora voltada para o setor de infraestruturas, num aparente novo paradigma de apoio ao desenvolvimento dos países africanos que, de resto, é também seguido pelo Fundo de Desenvolvimento China-África.

“Os projetos regionais de infraestruturas criam muita riqueza, e achamos que, em termos de vantagem comparativa, merecem a nossa aposta. Pensamos que devemos deixar a área social com outros parceiros, que têm capacidade e experiência”, explicou Joseph Ribeiro, sublinhando que não existe uma “dicotomia” entre o modelo de desenvolvimento social e o de infraestruturas.

Comentando o nível de endividamento público de Moçambique, que tem merecido alguns reparos por parte de vários analistas económicos, Joseph Ribeiro classificou sustentável a dívida moçambicana, notando que esta não representa uma preocupação para o BAD.

“O teto de endividamento não-concecional para Moçambique foi acordado com o Fundo Monetário Internacional para o valor de 1,5 mil milhões de dólares. Neste momento, Moçambique está abaixo desse valor e há espaço para mais projetos e, ainda assim, ficar dentro dessa margem”, afirmou o responsável.

Dados hoje divulgados pelo BAD indicam que, desde a sua formação, em 1964, a instituição financeira apoiou mais de 4.000 operações no continente africano, cujo valor ascende a 67,2 mil milhões de dólares (49,3 mil milhões de euros). (noticiasaominuto.com)

 

- Publicidade -
- Publicidade -

A vaidade e a falta de humildade de quem diz que o País não tem recursos – Ramiro Aleixo

Uma governação que herda um passivo de crise tão elevado, que obriga os seus cidadãos ao pagamento tão doloroso de uma divida que não...
- Publicidade -

Morreu empresário Segunda Amões

O empresário angolano Segunda Amões faleceu na madrugada desta sexta-feira, em Johanesburgo (na África do Sul) vítima de doença. Fonte familiar disse à ANGOP que,...

Angola estreia hoje diante do e-Swatini

A Selecção Nacional Sub-20 de futebol joga, hoje, às 15h30, diante da similar de e-Swatini no Estádio Gelvandale, arredores da Baía de Nelson Mandela,...

Andebol: Competições começam em Abril

Os campeonatos nacionais em sénior feminino e masculino têm previsão de arrancar em Abril, do próximo ano. A garantia é do presidente da Federação...

Notícias relacionadas

A vaidade e a falta de humildade de quem diz que o País não tem recursos – Ramiro Aleixo

Uma governação que herda um passivo de crise tão elevado, que obriga os seus cidadãos ao pagamento tão doloroso de uma divida que não...

Morreu empresário Segunda Amões

O empresário angolano Segunda Amões faleceu na madrugada desta sexta-feira, em Johanesburgo (na África do Sul) vítima de doença. Fonte familiar disse à ANGOP que,...

Angola estreia hoje diante do e-Swatini

A Selecção Nacional Sub-20 de futebol joga, hoje, às 15h30, diante da similar de e-Swatini no Estádio Gelvandale, arredores da Baía de Nelson Mandela,...

Andebol: Competições começam em Abril

Os campeonatos nacionais em sénior feminino e masculino têm previsão de arrancar em Abril, do próximo ano. A garantia é do presidente da Federação...

Presidente eleito dos EUA quer que os norte-americanos usem máscara durante 100 dias

Joe Biden também referiu que convidou o imunologista Anthony Fauci para integrar a equipa que porá em prática os planos anti-Covid da nova Presidência. Joe...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.