InicioEconomiaLuanda vai ter novo centro comercial

Luanda vai ter novo centro comercial

Luanda, novo visual. (Foto: D.R.)
Luanda, novo visual.
(Foto: D.R.)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A província de Luanda vai contar, a partir de Setembro próximo, com mais um Shopping, denominado “Ulengo Center”, um investimento privado avaliado em cinco mil milhões de Kwanzas.

Em declarações,  quinta-feira passada, à imprensa, em Luanda, a directora comercial e marketing do estabelecimento comercial, Patrícia Agostinho, disse que a infra-estrutura ocupa uma área de 120 mil metros quadrados, situada no bairro Sapú, município de Belas e vai garantir mil e 500 novos postos de trabalho.

Fez saber que depois da conclusão das obras, a cargo de uma construtora chinesa, o shopping poderá receber, em média, quatro mil visitantes por dia nos distintos espaços que o mesmo integra (lojas, áreas de diversões, recintos de festas e jogos).

O shopping, segundo ainda a responsável, vai também contar com três agências bancárias, restaurantes, seguradoras, posto médico, creche, um parque de estacionamento com mil lugares, montanha russa, carrossel gigante, barco pirata, entre outros meios.

BAI FINANCIA LOJISTAS DO CENTRO COMERCIAL ULENGO

O Banco Angolano de Investimento (BAI) estabeleceu um acordo de parceria com a administraçäo do Ulengo Shopping Center para financiar lojistas com espaços naquele novo espaço comercial da zona sul de Luanda, segundo informou ao Expansäo a directora de marketing do centro comercial, Patricia Agostinho.

O financiamento, inserido no programa de microfinaciamento da instituiçäo financeira, resulta de um acordo de entendimento entre as duas instituiçöes e preve disponibilizar aos lojistas cerca de 100 mil USD, que seräo aplicados, segundo a direcçäo de marketing, na compra de utensílios para as lojas e no pagamento da renda dos espaços.

Patrícia Agostinho sublinhou que a garantia do crédito é do BAI, que, com o acordo firmado, “aumenta no numero de clientes” da instituiçäo. Também lembrou, conforme ja noticiou o Expansäo, que a previsäo de arranque esta agendada para finair de 2014, mas algumas lojas e serviços publicos abrem portas já em Setembro. Apos a inauguraçäo, a administraçäo preve criar 1500 empregos directos. (Angop / Expansão)

Por: Nelson Rodrigues

 

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.