- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Homicídios conjugais. Só este ano já foram assassinadas 19 mulheres

Homicídios conjugais. Só este ano já foram assassinadas 19 mulheres

(Nuno André Ferreira/Lusa)
(Nuno André Ferreira/Lusa)

No ano passado, 33 mulheres morreram às mãos dos companheiros. Fenómeno continua a aumentar

É o 19.o caso desde Janeiro. Uma mulher com 54 anos foi encontrada morta em casa, ontem de manhã, na freguesia de Vale de Santarém, arredores do Cartaxo. Terá sido o companheiro, de 48 anos, o responsável pela morte. Segundo uma fonte da GNR, o casal vivia em união de facto há 10 anos, mas estava a separar-se e a casa onde viviam estava à venda.

O alegado homicida terá reagido mal à separação e acabou por estrangular a companheira. Depois de cometer o crime, por volta das 10h, telefonou para o INEM. Esperou pelos bombeiros, não ofereceu resistência quando a GNR o deteve e deverá ser interrogado ainda hoje por um juiz no Tribunal de Santarém. O número de homicídios conjugais continua a aumentar. No ano passado, de acordo com os números do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI), foram assassinadas pelos companheiros 33 mulheres. E este ano, até ao primeiro dia de Junho, já foram contabilizados 19 casos.

Nas últimas duas semanas foram noticiadas quatro mortes. Na quinta-feira, Luana Camargo, médica dentista de 28 anos, foi esfaqueada pelo companheiro – já em prisão preventiva – no consultório, em pleno centro de Lisboa. Na noite anterior, Luana saiu de casa e anunciou ao marido, Marcos, de 40 anos, que iria pedir o divórcio, pondo um ponto final no casamento de sete anos.

Antes, a 23 de Maio, um emigrante brasileiro assassinou a namorada à pancada em Évora. Segundo contou à Lusa uma fonte da PSP, já havia um historial de violência doméstica. O casal vivia num quarto arrendado no centro da cidade – onde aconteceu o crime. O alegado homicida entregou-se à polícia dois dias depois. Contou que quando acordou de manhã encontrou a namorada, de 27 anos, morta na cama e que não se lembrava de nada do que tinha acontecido na noite anterior.

Entretanto, na sexta-feira passada, a Polícia Judiciária deteve um outro alegado homicida, de 62 anos, que terá assassinado a mulher também num quadro de violência doméstica. O crime aconteceu a 18 de Maio em Gondomar. O homem, reformado, terá agredido a mulher, provocando-lhe traumatismo craniano – que, segundo a autópsia, foi a causa da morte.

Ainda segundo o RASI, o crime de violência doméstica aumentou 2,4% em 2013. Os distritos mais problemáticos são os mais populosos: Lisboa registou 5885 queixas, Porto 5142 e Setúbal 2380. Porém, dados revelados na sexta-feira pelo Ministério Público do Distrito Judicial de Lisboa referem que foram registados no primeiro trimestre deste ano 2256 casos de violência doméstica na capital – uma diminuição de 7,5% em relação ao período homólogo de 2013. Em Dezembro de 2013 estavam detidos 427 reclusos por violência doméstica, mais 189 que em 2011 e havia ainda 210 agressores com pulseira electrónica, contra 51 em 2011. (ionline.pt)

por Rosa Ramos

- Publicidade -
- Publicidade -

Ministra de Estado avalia projectos paralisados

A ministra de Estado para Área Social, Carolina Cerqueira, avaliou, ontem o grau de execução física de alguns projectos de impacto social no Huambo,...
- Publicidade -

Tribunal absolve activistas detidos no Uíge que acusam a polícia de tortura

Um deles conta que agentes da polícia fracturam-lhe a perna e o braço numa cela do tribunal Os três membros do projecto político CRENTES-PJ, liderado...

Parlamento anula transferência de 476 milhões do Fundo de Resolução para Novo Banco

Proposta do BE foi aprovada com votos a favor do PSD, PCP e PAN. O PS acusou já de madrugada o PSD de “irresponsabilidade...

Euclides da Lomba no “Conversas Acústicas”

O músico Euclides da Lomba é o convidado do programa Conversas Acústicas, a decorrer domingo, no Espaço Luanda. O evento consiste em noites multiculturais de...

Notícias relacionadas

Ministra de Estado avalia projectos paralisados

A ministra de Estado para Área Social, Carolina Cerqueira, avaliou, ontem o grau de execução física de alguns projectos de impacto social no Huambo,...

Tribunal absolve activistas detidos no Uíge que acusam a polícia de tortura

Um deles conta que agentes da polícia fracturam-lhe a perna e o braço numa cela do tribunal Os três membros do projecto político CRENTES-PJ, liderado...

Parlamento anula transferência de 476 milhões do Fundo de Resolução para Novo Banco

Proposta do BE foi aprovada com votos a favor do PSD, PCP e PAN. O PS acusou já de madrugada o PSD de “irresponsabilidade...

Euclides da Lomba no “Conversas Acústicas”

O músico Euclides da Lomba é o convidado do programa Conversas Acústicas, a decorrer domingo, no Espaço Luanda. O evento consiste em noites multiculturais de...

PF investiga crimes na Petrobras em nova fase de Lava Jato

Autoridades cumprem dois mandados de busca e apreensão em Angra dos Reis e Aruruama, ambas cidades do Rio de Janeiro A PF deflagrou na última...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.