- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Boavista: Mais demolições em Luanda

Boavista: Mais demolições em Luanda

Muitas famílias recusam-se a abandonar a Boavista para o Zango. O martelo demolidor do governo de Luanda voltou a entrar em acção partindo casas de moradores no bairro da Cerâmica na zona da Boavista em Luanda.

(VOA)
(VOA)

Os moradores recusam-se ser transferidos para casas inacabadas no Zango e preferem regressar para os escombros da Boavista.

Os moradores da zona da Cerâmica na Boavista tiveram apenas 24 horas para arrumarem as suas coisas, para depois verem os tractores a destruir as suas casas.

“Chegaram as 18 horas dizendo para arrumar as coisas que vão partir, vieram partiram as casas e nem se quer carros havia para transportar a população”, disse um dos moradores que acrescentou que no local para onde eventualmente foram levados  não havia “nenhumas condições: casas inacabadas, cheias de fezes”

Alguns preferiram regressar à zona de origem.

“No Zango não há condições, casas sem chapas sem janelas sem portas, cheio de capim e fezes as pessoas voltaram para a Boavista,” disse outro morador que disse ser difícil viver no Zango onde “não há hospitais não há nada”.

Outro motivo que levou ao regresso das pessoas ‘e a falta de escolas para as crianças estudarem.

“As crianças vão perder o ano lectivo”, disse um morador enquanto outro disse que o problema não era a sua evacuação da zona da Boavista mas sim de os levarem para zonas sem condições com ” casas sem tecto sem porta sem janela as crianças a sofrer com frio e mosquitos”.

“Nós também somos seres humanos,” disse.

“Eles os dirigentes têm as suas casas para as suas famílias porque é que nós também não podemos ficar num sítio com condições? Com escolas, para as nossas crianças, como é que as nossas crianças vão aprender? Todos vamos ficar matumbos como antigamente”, reclamou.

“Se o Governo tem muito dinheiro do petróleo, compram tantos carros de luxo porque não constroem casas suficientes para a população?” interrogou.

Do Governo não foi possível obter nenhum esclarecimento sobre a situação.
O coordenador adjunto da associação cívica SOS Habitat, André Augusto, criticou as demolições.

“Ao retirar as pessoas dos sítios em que vivem há mais de 20 anos não tem havido o mínimo de respeito pela pessoa humana”, afimou. (voaportugues.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

CR7, Mourinho, Figo e Jorge Mendes nomeados para os Globe Soccer Awards

A lista de nomeados para os Globe Soccer Awards, distinção promovida pelo Ministério do Desporto do Dubai, foi revelada esta segunda-feira, e Portugal conta...
- Publicidade -

Sobe para 10 número de mortos em surto de legionella no Grande Porto

O surto de legionella que afeta a região do Grande Porto causou hoje mais uma morte, elevando para 10 o número de óbitos registados...

João Lourenço: “Manifestações não têm de acabar em violência”

O Presidente angolano lembrou hoje num encontro com jovens que o direito às manifestações está limitado temporariamente devido à pandemia de covid-19 e abordou...

Bolsonaro ignora testes encalhados do governo e culpa Estados e municípios

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que são governadores e prefeitos, e não o governo federal, quem deve explicações sobre os 6,86 milhões...

Notícias relacionadas

CR7, Mourinho, Figo e Jorge Mendes nomeados para os Globe Soccer Awards

A lista de nomeados para os Globe Soccer Awards, distinção promovida pelo Ministério do Desporto do Dubai, foi revelada esta segunda-feira, e Portugal conta...

Sobe para 10 número de mortos em surto de legionella no Grande Porto

O surto de legionella que afeta a região do Grande Porto causou hoje mais uma morte, elevando para 10 o número de óbitos registados...

João Lourenço: “Manifestações não têm de acabar em violência”

O Presidente angolano lembrou hoje num encontro com jovens que o direito às manifestações está limitado temporariamente devido à pandemia de covid-19 e abordou...

Bolsonaro ignora testes encalhados do governo e culpa Estados e municípios

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que são governadores e prefeitos, e não o governo federal, quem deve explicações sobre os 6,86 milhões...

Diálogo com a juventude: Presidente da República ausculta preocupações dos jovens angolanos

Continua a decorrer o encontro entre o Presidente da República, João Lourenço e representantes de jovens angolanos dos mais variados grupos. Na abertura do evento,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.