- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Waldemar Bastos destaca-se em concurso nos EUA

Waldemar Bastos destaca-se em concurso nos EUA

Waldemar Bastos (DR)
Waldemar Bastos (DR)

Luanda – O músico angolano Waldemar Bastos continua a evidenciar-se no mercado fonográfico norte-americano, onde conquistou esta madruga o segundo lugar no Concurso Internacional de Cantores e Compositores (International Songwriting Competition), na categoria “world”.

A confirmação foi feita hoje à Angop, pelo “manager” do artista, Apay Taskin, para quem é uma grande honra essa distinção, que tem merecido elogios de milhares de fãs do autor, endereçadas por e-mail, de várias partes do mundo.

O autor de “Lubango” obteve esse feito com a composição “Sofrimento”, do álbum “Pretaluz”, publicado em 1997. A letra da canção conta a história de viagem do artista, através de uma série de meditações do coração (prayerlike).

Nessa edição do concurso, que envolveu 20 mil artistas, de várias partes do mundo, divididos em várias modalidades, Waldemar Bastos só foi superado, na categoria world, pelo israelita Mira Awad, com a canção “Bahlawan-Acrobat”.

O terceiro lugar coube à canção “Boom Boom”, do músico norte-americano Dachee, que fechou o quadro de distinguidos nessa categoria, num universo de 16 finalistas.

O júri do concurso foi constituído por 40 músicos, muitos dos quais credenciados na “world music”, tais como Tom Waits, Jeff Beck, Robert Smith, Anoushka Shankar, McCoy Tyner, Alejandro Sanz, Suzanne Vega e Bill Evans.

Contou ainda com vinte e duas personalidades da indústria discográfica, entre eles Angel Carrasco, Monte Lipman, Alison Donald, Bruce Iglauer e Leib Ostrow.

O Concurso Internacional de Cantores e Compositores inclui ainda as categorias de Adulto Contemporâneo, Americana, Blues, Música Infantil, Comédia/novela, Country, Dance/electrónica, Cantor e Compositor Folclórico, Gospel/Música Cristã, Instrumental, Jazz, Latin, Lírica, Música video, Performance, Pop/top 40, R&b/hip-hop, Rock, Teen, World e Unsigned only.

De acordo com o “manager” de Waldemar Bastos, o músico encontra-se na Alemanha e ainda hoje deve deslocar-se a Lisboa, Portugal, sem se referir a uma eventual data, nem a eventuais prémios a atribuir aos três primeiros classificados desse concurso.

Após tomar conhecimento da classificação final, Waldemar Bastos escreveu na sua página de facebook que a conquista é dedicada a Deus, aos fãs e a todos os amantes de música.

“Estou-vos grato pela vossa incomensurável ajuda. Obrigado Angola, terra em que nasci para cantar. Já era madrugada quando acabei de receber uma alegre e reconfortante notícia que tanto nos honra, por ter sido classificado em segundo lugar no Concurso Internacional de Compositores, realizado nos Estados Unidos da América, num universo de 20 mil artistas concorrentes”, escreveu.

“Estamos de parabéns. A música está de parabéns, em particular a de Angola”, concluiu.

Waldemar dos Santos Alonso de Almeida Bastos, conhecido como Waldemar Bastos, nasceu em MBanza Kongo, província do Zaire, a 4 de Janeiro de 1954.

É um músico e cantor angolano que combina Afro-pop, fado, soul e influências brasileiras.

Começou a cantar em uma idade muito precoce, utilizando instrumentos do seu pai. Após a independência de Angola em 1975, emigrou para Portugal, com 28 anos de idade.

Publicou vários CD, como “Estamos Juntos”, 1983,“Angola Minha Namorada”, 1989,”Pitanga Madura”, 1992, “Pretaluz”, 1997, “Pretaluz [blacklight] (Luaka Bop),“Renascence (World Connection)”, 2004, e “Love Is Blindness”, 2008. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Com aval do BP e BCE: Eurobic tem mais 12 interessados na compra

O banco português de capitais angolanos está a ser cobiçado e mais 12 candidatos posicionam-se depois do negócio não avançar com os espanhóis da...
- Publicidade -

Papam tudo, a música que mexe com tudo que é mau em Angola

Ao tempo em que saíu o single, o autor Jorge Monteiro, foi objecto de alguma curiosidade, a ponto de alguns programas da Rádio Nacional...

Governo brasileiro diz que vermífugo reduz carga viral do Coronavírus

O governo federal afirmou segunda-feira ter comprovado que o vermífugo nitazoxanida reduz a carga viral de pacientes infectados com o novo coronavírus. O anúncio...

Camilo Ceita esperava por “algum respeito e consideração”

Antigo director do INE soube da sua substituição pelas redes sociais, durante a tarde da última sexta-feira. Num ‘mail’ de despedida e agradecimento aos...

Notícias relacionadas

Com aval do BP e BCE: Eurobic tem mais 12 interessados na compra

O banco português de capitais angolanos está a ser cobiçado e mais 12 candidatos posicionam-se depois do negócio não avançar com os espanhóis da...

Papam tudo, a música que mexe com tudo que é mau em Angola

Ao tempo em que saíu o single, o autor Jorge Monteiro, foi objecto de alguma curiosidade, a ponto de alguns programas da Rádio Nacional...

Governo brasileiro diz que vermífugo reduz carga viral do Coronavírus

O governo federal afirmou segunda-feira ter comprovado que o vermífugo nitazoxanida reduz a carga viral de pacientes infectados com o novo coronavírus. O anúncio...

Camilo Ceita esperava por “algum respeito e consideração”

Antigo director do INE soube da sua substituição pelas redes sociais, durante a tarde da última sexta-feira. Num ‘mail’ de despedida e agradecimento aos...

Gilberto Viríssimo: “Angola não está integrada em nenhum dos projectos de estradas regionais por culpa própria”

À frente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), desde 31 de Agosto, o angolano Gilberto Veríssimo, diz, em entrevista...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.