Quarta-feira, Março 29, 2023
14.2 C
Lisboa
More

    Cinema angolano atravessa momentos difíceis, diz realizador

    Realizador angolano Henrique Narciso “Dito” Foto: D.R
    Realizador angolano Henrique Narciso “Dito”
    Foto: D.R
    O realizador angolano Henrique Narciso “Dito” considerou hoje, em Luanda, que o mercado cinematográfico nacional atravessa um período difícil, pela falta de apoios, sendo para tal necessário uma urgente intervenção das autoridades e dos fazedores da sétima arte.

    Em declarações à Angop, a propósito do cinema angolano, apelou às instituições de direito, como o Ministério da Cultura, no sentido de prestarem mais atenção aos fazedores de cinema, que muito fazem para o desenvolvimento desta arte, mesmo com escassas condições de trabalho.

    Para si, apesar das dificuldades que os realizadores em Angola enfrentam, sobretudo em termos de material e outros que qualificam um bom cinema, tem se conseguido fazer algo para entreter o público.

    “Os filmes de acção que nós fizemos, sem medo, podem ser comparados com alguns filmes indianos ou americanos. O grande problema é que eles têm as condições para fazer bons trabalhos, mas nós trabalhamos com remendos”, lamentou.

    Segundo o realizador, alguns dos seus filmes têm muita aceitação em Angola, apesar de algumas insuficiências, pelo facto de o público conhecer a sua capacidade técnica e criativa.

    Henrique Narciso exemplificou o filme “Assaltos em Luanda”, que diz ter feito mais sucesso, até ao momento, por ser o primeiro filme angolano de acção e abordar a vivência do país.

    Destacou que o sucesso do filme veio reabrir e revolucionar o cinema angolano, que durante décadas andou parado.

    O início da produção cinematográfica em Angola tem como base a atracção pelo “exotismo” das paisagens, povos, costumes e culturas locais, bem como o registo do crescimento e desenvolvimento do império colonial português em África.

    Segundo registos, o filme “O Caminho de Ferro de Benguela”, realizado por Artur Pereira em 1913, é o primeiro registo datado de cinema em Angola.

    (portalangop.co.ao)

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Ataque ao Centro Ismaili em Lisboa deixa dois mortos e vários feridos

    Um ataque com faca num centro cultural muçulmano em Lisboa, Portugal, nesta terça-feira, 28, deixou duas pessoas mortas e...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema