- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Governador de Benguela deve demitir-se, defende CASA CE

Governador de Benguela deve demitir-se, defende CASA CE

3AF6AF85-CF46-4D44-9CD9-D5F20DEF9FA8_w640_r1_s_cx0_cy2_cw0Florêncio Kajamba, secretário provincial da CASA-CE em Benguela que falava a Voz da Américas, margem da conferência provincial que elegeu os delegados ao Congresso Extraordinário daquela formação política`, reagia assim aos constantes cortes de energia eléctrica na província e a falta de resposta eficaz por parte da empresa estatal de electricidade.

“Isso demostra a incompetência do executivo de Benguela. Isso demostra que o governo do MPLA é incapaz,” disse.

Para aquele dirigente político, a incompetência do governador de Benguela é reflexo do fracasso da governação do MPLA em Angola cuja solução passa pela saída do partido no poder.

“Esse governo não funciona e a solução é retiramos esse governo do poder,” disse aquele líder político, acrescentando que “ precisamos mesmo da mudança, a mudança é urgente e deve ser protagonizada por todos angolanos”.

Kajamba defendeu ainda a realização de eleições livres, justas e transparentes como uma das forma para alternância do poder e as manifestações como via para fazer avançar a democracia e os direitos humanos.

O representante da CASA CE acusou o MPLA de nunca ter cumprido com as suas promessas eleitorais sendo por isso manifestações públicas um meio de pressionar o governo a respeita-las.

“ O povo tem um recurso que são as manifestações para exigir que o governo eleito cumpra com aquilo que prometeu e o governo não prometeu fazer sofrer o povo,” disse.

A conferência provincial de Benguela elegeu 27 delegados ao Congresso Extraordinário de Abril em Luanda. Os conferencistas concluíram que a CASA-CE deve transformar-se num partido político e que o futuro presidente seja eleito pelos delegados neste congresso.

(voaportuguews.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

MINSA teme colapso do sistema de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, considerou sábado, em Luanda, que o aumento de infecções por Covid-19 no país pode...

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Notícias relacionadas

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...

MINSA teme colapso do sistema de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, considerou sábado, em Luanda, que o aumento de infecções por Covid-19 no país pode...

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.