- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Central sindical angolana queixa-se de perseguições políticas

Central sindical angolana queixa-se de perseguições políticas

27AF0D03-9B14-4A59-B135-9B0D773D42FD_w640_r1_s_cx0_cy13_cw0A Central Geral de Sindicatos Independentes e Livres de Angola (CGSILA), , acusou terça-feira as autoridades angolanas de estarem a “perseguir” e “coagir” às suas actividades.

O presidente do sindicato, Adelino Miguel, disse que a sua central sindical se vai queixar a organizações internacionais sobre essas perseguições que ocorrem por todo o país.

Miguel queixou-se de manobras de intimidação com o envio de aparato policial para impedir greves ou outras acções dos sindicatos.

“Temos casos em Luanda, temos casos no Bié, temos casos na Huíla, no Namibe e em outros sítios,” disse.

“Todas essas acções são coordenadas para desencorajar as nossas actividades, para nos criarem dificuldades,” acrescentou.

(voaportugues.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.