- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Novo Hospital Militar já está a ser construído

Novo Hospital Militar já está a ser construído

20130227100858nhmOs ministros da Defesa de Angola, Cândido Van-Dúnem, e da Sérvia, Aleksander Vucic, procederam ontem, em Luanda, à colocação da primeira pedra para a construção do novo Hospital Militar Principal.
A construção do novo estabelecimento, no Quilómetro 44, em Viana, conta com o apoio da Sérvia.
Em declarações à imprensa, o ministro da Defesa Nacional considerou a construção do novo Hospital Militar Principal uma necessidade das Forças Armadas Angolanas (FAA) no domínio da sua reforma e modernização.
Cândido Van-Dúnem garantiu que o hospital, a ser construído em quatro anos, vai responder às necessidades dos efectivos das FAA e respectivos familiares. O projecto de construção do novo Hospital Militar Principal inclui o apetrechamento do mesmo e a requalificação de quadros que vão fazer uso das infra-estruturas.
O ministro referiu que as instalações do actual Hospital Militar Principal, localizado na zona da Sagrada Família, estão degradadas, em função do tempo de uso. Aquela unidade, que contribuiu para a garantia da saúde dos militares, vai, após a construção do novo estabelecimento, servir de apoio. O novo Hospital Militar Principal, a ser erguido num espaço de 600 hectares, vai contar com serviços interno e ambulatório, medicina experimental, urgências, centro escolar e um heliporto.
O ministro sérvio da Defesa destacou as relações de amizade “de longa data” entre os dois países e defendeu que elas sejam reforçadas.
Aleksander Vucic manifestou o desejo do seu país de estreitar a cooperação no domínio económico e desenvolver um projecto-piloto para a construção de infra-estruturas em Angola. Esse projecto carece apenas de detalhes técnicos a serem negociados no futuro com o Executivo angolano, sublinhou.

Vucic garantiu que o projecto para a construção do novo Hospital Militar Principal “é moderno e apoiado na mais alta tecnologia de aplicação dos sistemas de saúde contemporâneos”.
Os dois ministros deslocaram-se, ainda ontem, à 101ª Brigada de Tanques das FAA e ao Memorial aos Heróis da Batalha do Kifangondo. Na brigada de tanques, técnicos sérvios apoiam o pessoal angolano na manutenção do material usado em todas as regiões militares do país. O comandante do Regimento de Manutenção de Armamento e Técnica Blindada da brigada, coronel Armando Maiala, disse que a cooperação com a Sérvia é salutar. A cooperação com a Sérvia visa também a formação de técnicos das FAA.

(jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Jornalistas e manifestantes alvo de violência policial

Foram soltos os jornalistas detidos no sábado em Luanda, Angola, numa manifestação organizada por um grupo de jovens com o apoio do maior partido...
- Publicidade -

Filipe Nyusi diz que diálogo com a autoproclamada Junta Militar da Renamo já começou

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, revelou na manhã desta quarta-feira, 28, estar em curso o diálogo entre o Governo e a autoproclamada Junta Militar...

Erdoğan apela ao boicote de produtos franceses

Na Síria, no Iraque ou no Paquistão: As manifestações contra o presidente Emmanuel Macron e o governo francês repetem-se um pouco por todo o...

Activistas detidos no dia 24 no Uíge denunciam maus-tratos e violações de direitos humanos

Eles foram libertados depois de condenados a pagar 200 mil kwanzas de multas. Os activistas políticos e cívicos detidos no sábado, 24, na província angolana...

Notícias relacionadas

Jornalistas e manifestantes alvo de violência policial

Foram soltos os jornalistas detidos no sábado em Luanda, Angola, numa manifestação organizada por um grupo de jovens com o apoio do maior partido...

Filipe Nyusi diz que diálogo com a autoproclamada Junta Militar da Renamo já começou

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, revelou na manhã desta quarta-feira, 28, estar em curso o diálogo entre o Governo e a autoproclamada Junta Militar...

Erdoğan apela ao boicote de produtos franceses

Na Síria, no Iraque ou no Paquistão: As manifestações contra o presidente Emmanuel Macron e o governo francês repetem-se um pouco por todo o...

Activistas detidos no dia 24 no Uíge denunciam maus-tratos e violações de direitos humanos

Eles foram libertados depois de condenados a pagar 200 mil kwanzas de multas. Os activistas políticos e cívicos detidos no sábado, 24, na província angolana...

Protestos contra limitação ao aborto legal

Os protestos voltaram às ruas de várias cidades da Polónia. Pelo quinto dia consecutivo, milhares de polacos manifestaram o desagrado contra a decisão do Tribunal...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.