- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Milhares de prisioneiros palestinianos recusam comida em jornada de protesto

Milhares de prisioneiros palestinianos recusam comida em jornada de protesto

753128A morte do prisioneiro palestiniano Arafat Jaradat, no sábado, motivou este domingo um protesto em larga escala no sistema prisional israelita, com milhares de detidos a renunciarem às suas refeições.

Segundo as autoridades israelitas, Arafat Jaradat, de 30 anos, morreu de ataque cardíaco na prisão de Megido. Em resposta, “cerca de 3000 prisioneiros anunciaram que renunciam às suas refeições” neste domingo, disse à AFP a porta-voz do sistema prisional israelita, Sivan Weizman.

Arafat Jaradat foi detido na semana passada, acusado de lançar pedras contra soldados israelitas, na Cisjordânia, na sequência de uma greve de fome de quatro prisioneiros palestinianos.

Assim que foi divulgada a notícia da sua morte, milhares de palestinianos protestaram na Cisjordânia e na Faixa de Gaza. Na localidade de Saair, perto de Hebron – onde Arafat Jaradat residia –, foram atiradas pedras contra soldados israelitas e em Gaza várias mulheres manifestaram-se contra as condições em que os prisioneiros palestinianos são mantidos nas cadeias de Israel. Ler mais

(publico.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Estudo indica como vírus se espalha em uma sala de aula

A pesquisa apontou que, mesmo com distância de mais de 2 metros entre os estudantes, partículas minúsculas suspensas no ar podem circular entre eles. Em...
- Publicidade -

Por que a mudança para o gás de cozinha ainda é tão lenta em África?

O uso de combustíveis como carvão vegetal ou mesmo querosene para cozinhar é um contribuinte significativo para as mortes relacionadas à poluição. A solução é...

FC Porto e Marselha derrotados no arranque da Liga dos Campeões

A primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões edição 2020/2021 ficou encerrada na quarta-feira 21 de Outubro, sendo que o FC...

Papa Francisco defende uniões de facto de casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu hoje pela primeira vez que os casais homossexuais devem ser protegidos pelas leis da união civil, durante uma entrevista para...

Notícias relacionadas

Covid-19: Estudo indica como vírus se espalha em uma sala de aula

A pesquisa apontou que, mesmo com distância de mais de 2 metros entre os estudantes, partículas minúsculas suspensas no ar podem circular entre eles. Em...

Por que a mudança para o gás de cozinha ainda é tão lenta em África?

O uso de combustíveis como carvão vegetal ou mesmo querosene para cozinhar é um contribuinte significativo para as mortes relacionadas à poluição. A solução é...

FC Porto e Marselha derrotados no arranque da Liga dos Campeões

A primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões edição 2020/2021 ficou encerrada na quarta-feira 21 de Outubro, sendo que o FC...

Papa Francisco defende uniões de facto de casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu hoje pela primeira vez que os casais homossexuais devem ser protegidos pelas leis da união civil, durante uma entrevista para...

Covid-19: Portugal regista mais 2.535 infectados e 16 mortes

Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 2.535 infetados pelo novo coronavírus, e 16 mortes associadas à Covid-19, revela o boletim epidemiológico da Direção-Geral...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.