- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Apelo de Samakuva à unidade nacional

Apelo de Samakuva à unidade nacional

20130224084015samaO presidente da UNITA, Isaías Samakuva, apelou aos angolanos para colocarem o “interesse nacional acima do interesse de grupo, para se alcançar a paz social e justiça para todos”.
O apelo foi feito sexta-feira, em Luanda, no acto comemorativo ao dia 22 de Fevereiro, assinalado pelo partido como “Dia do Patriota” e da morte de Jonas Malheiro Savimbi, o fundador da UNITA.
Isaías Samakuva disse ser necessário “dialogar e construir a unidade para mudança, de forma pacífica, decisiva e sem medo”.
“É meu desejo marcar este dia, com um apelo solene a todos os angolanos para a unidade nacional”, realçou. Na visão do líder da UNITA, “Angola precisa de se unir para a mudança política, social e cultural, que proteja a juventude angolana da desagregação moral, fomentada pela exacerbação dos valores e estímulos produzidos por uma sociedade urbana e consumista”.
O acto, realizado em honra do fundador do partido, segundo Isaías Samakuva, também honra o compromisso dos militantes com a paz e a reconciliação nacional e serve para promover a consagração do poder local. Para Isaías Samakuva, honrar a memória de Jonas Savimbi é igualmente promover a unidade de todos os angolanos. O secretário da comissão permanente, Diamantino Mussocola, leu, durante o acto, uma declaração em que a UNITA homenageia todos os patriotas e nacionalistas angolanos que pela “causa justa do povo deram as suas vidas na esperança de um futuro melhor para todos”.
O académico Jaka Jamba e a secretária do comité permanente dissertaram no encontro sobre a contribuição de Jonas Savimbi na promoção integral da juventude, a promoção social da mulher e a luta pela igualdade no género.
A UNITA é a principal força política da oposição. Nas eleições gerais de 31 de Agosto último conseguiu eleger 32 deputados. O partido assumiu como desafio a participação nas autarquias locais.

(jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

MINSA teme colapso do sistema de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, considerou sábado, em Luanda, que o aumento de infecções por Covid-19 no país pode...

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Notícias relacionadas

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...

MINSA teme colapso do sistema de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, considerou sábado, em Luanda, que o aumento de infecções por Covid-19 no país pode...

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.