- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia General Electric fornece locomotivas e motores para empresas de transporte

General Electric fornece locomotivas e motores para empresas de transporte

General ElectricAngola e a multinacional General Electric (GE) assi­naram, na passada quinta–feira, na cidade portuária do Lobito, província de Ben­guela, um acordo para aqui­sição de locomotivas e as­sistência técnica às mesmas, assim como aos motores dos aviões da Transportadora Aérea Angolana (TAAG), fabricados pela companhia norte-americana.

Rubricou, pela parte ango­lana, a directora do gabinete de Estudos, Planeamento e Estatísticas do Ministé­rio dos Transportes, Teresa Muro, e pela GE, o presiden­te do conselho executivo, Lorenzo Simonelli.

O acordo entra em vigor a partir da sua assinatura e prevê a compra de cerca de 100 locomotivas, assistência técnica, quer às locomotivas a adquirir como as avariadas e também aos motores das aeronaves da Taag fabricados pela General Electric.

Após o protocolo, Teresa Muro disse à imprensa que a compra como a manuten­ção das máquinas são im­portantes, tendo em conta os novos desafios do corre­dor de desenvolvimento do Lobito, que ligará a região por via férrea para facilitar o escoamento dos produtos diversos destes países, entre os quais minerais.

A responsável disse que o convénio beneficiará to­dos os caminhos-de-ferro do país. Quanto à parte es­trangeira, Lorenzo Simonelli informou que o acordo vai durar vários anos e que ain­da não está fixado o valor.

Disse que as locomotivas são de tipo cinco, muito avan­çadas e têm em conta o desem­penho ambiental e adaptadas para o continente africano.

Por outro lado, disse ser propósito da companhia que Angola transforma-se num centro ferroviário para a região. Uma locomoti­va pode custar 200 milhões de kwanzas.

Diversificação

Além da área dos transpor­tes, a General Electric quer investir nas de infra-estru­turas e saúde em Angola, se­gundo disse o presidente da multinacional norte-ameri­cana, aquando da sua visita no início deste mês.

Jeff Immelt disse ao Presi­dente angolano, José Eduardo dos Santos, com quem se reu­niu em audiência, que a sua empresa vê Angola como um país “com futuro” e perspecti­vas de crescimento.

Por isso, adiantou, em bre­ve serão anunciados novos projectos da General Electric para Angola, onde, de acor­do com Jeff Immelt, os in­vestimentos em infra-estru­turas, transportes, energia, petróleo e gás rondam já os dois mil milhões de dólares.

A General Electric anun­ciou recentemente a cons­trução de uma fábrica de equipamentos subaquáticos, para exploração de petróleo e gás, na localidade de Soyo, na província do Zaire.

A unidade, projectada como a quinta maior do mundo e a primeira em África, deverá estar concluída dentro de dois anos e representa um investi­mento inicial de 17,5 mil mi­lhões de kwanzas.

Jeffrey Immelt disse que a equipa da “General Electric” a operar em Angola vai ser reforçada, de modo a ade­quar as pretensões de atingir novas áreas de investimento de acordo com as metas traça­das pelo Executivo angolano em prol do desenvolvimen­to económico e o bem-estar da população.

O presidente do conse­lho e director executivo da multinacional americana justificou o interesse da sua equipa pelos indicadores angolanos e pela estabilida­de política e económica que se vive em Angola. “Consi­deramos Angola um gran­de país e com muito futuro e vislumbramos um grande futuro também para nós”, declarou Jeffrey R. Immelt.

(Jornal de Economia & Finanças)

 

- Publicidade -
- Publicidade -

Alemanha: Mais um dia com mais de 11 mil infecções e 49 mortos

A Alemanha volta a registar mais de 11 mil infecções num só dia. Dados do Instituto Robert Koch, desta sexta-feira, indicam que o país...
- Publicidade -

Chico Buarque, Martinho da Vila e Nélida Piñon são finalistas do prémio Jabuti

Lista inclui Ruy Castro, Djamila Ribeiro e Reinaldo José Lopes, colunistas da Folha; vencedores saem em Novembro Maior prémio literário anual do país, o Jabuti...

Russomanno tem carros e imóveis bloqueados pela Justiça desde 2016

Candidato à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (Republicanos) está com dois carros e um imóvel em Itanhaém, cidade do litoral paulista, penhorados pela...

Prémio Sakharov entregue à oposição bielorrussa

A oposição democrática bielorrussa recebeu esta quinta-feira o prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento de 2020. Isabel Santos, eurodeputada socialista e coordenadora dos...

Notícias relacionadas

Alemanha: Mais um dia com mais de 11 mil infecções e 49 mortos

A Alemanha volta a registar mais de 11 mil infecções num só dia. Dados do Instituto Robert Koch, desta sexta-feira, indicam que o país...

Chico Buarque, Martinho da Vila e Nélida Piñon são finalistas do prémio Jabuti

Lista inclui Ruy Castro, Djamila Ribeiro e Reinaldo José Lopes, colunistas da Folha; vencedores saem em Novembro Maior prémio literário anual do país, o Jabuti...

Russomanno tem carros e imóveis bloqueados pela Justiça desde 2016

Candidato à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (Republicanos) está com dois carros e um imóvel em Itanhaém, cidade do litoral paulista, penhorados pela...

Prémio Sakharov entregue à oposição bielorrussa

A oposição democrática bielorrussa recebeu esta quinta-feira o prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento de 2020. Isabel Santos, eurodeputada socialista e coordenadora dos...

Suicídios estão cada vez mais presentes no nosso dia-a-dia

Em Angola foram registados, de 2018 até ao primeiro semestre deste ano, 1.984 suicídios, por razões diversas. A província de Luanda, com 826 casos,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.