- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola UNITA quer inquérito parlamentar a demolições no Cacuaco

UNITA quer inquérito parlamentar a demolições no Cacuaco

unitaA UNITA quer uma comissão parlamentar de inquérito às demolições que ocorreram no bairro Mayombe, em Cacuaco.

Centenas de pessoas perderam as suas casas e ficaram ao relento e muitas delas foram posteriormente julgadas e condenadas por ocupação ilegal de terras.

O deputado da UNITA Abilio Kamalata Numa, disse que uma Comissão Parlamentar de Inquérito seria a melhor maneira para resolver o assunto

“Este inquérito ‘e fundamental para este caso para não estarmos aqui no bla bla bla,” disse Numa.

Kamalata Numa diz estar convencido que os cidadãos angolanos acreditam cada vez menos na justiça praticada em Angola.

“As pessoas deixam de acreditar que de facto estejamos num estado democrático e de direito, onde a justiça esteja a ser praticada no âmbito da lei,” acrescentou.

Para Abílio Numa o problema de demolições deve-se ao facto da questão da posse das terras não estar resolvida.

“A política de terras é um problema que tem que ser bem resolvido,” disse, acrescentando que o problema da posse das terras está na própria constituição, no seu artigo 15.

Se a constituição tivesse sido aprovada de forma democrática, disse o deputado da UNITA, os angolanos “não deixariam passar a lei que diz a terra é propriedade do estado”.

(voaportugues.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Liberdade de imprensa numa opaca encruzilhada em Angola, Moçambique e Guiné-Bissau

André Mussamo, Ernesto Nhanala e António Nhanga analisam a situação e desafios nos seus países. No sábado 24, seis profissionais da imprensa em Angola foram...
- Publicidade -

PGR diz que não existe mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro guineense

O Procurador geral da República, Fernando Gomes, disse que o ministério público não emitiu ainda nenhum mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro, Aristides...

José Carlos Delgado eleito Provedor de Justiça de Cabo Verde

O antigo presidente do Tribunal de Contas, José Carlos Delgado, foi confirmado pelo Parlamento, como o novo Provedor de Justiça de Cabo Verde. Parlamento aprovou...

A economia moçambicana cresce mas não cria poupança, alertam especialistas

Pouco mais de 36 por cento da população moçambicana adulta tem conta bancária. Moçambique assinala o Dia Internacional da Poupança, amanhã, 31, com o reconhecimento...

Notícias relacionadas

Liberdade de imprensa numa opaca encruzilhada em Angola, Moçambique e Guiné-Bissau

André Mussamo, Ernesto Nhanala e António Nhanga analisam a situação e desafios nos seus países. No sábado 24, seis profissionais da imprensa em Angola foram...

PGR diz que não existe mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro guineense

O Procurador geral da República, Fernando Gomes, disse que o ministério público não emitiu ainda nenhum mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro, Aristides...

José Carlos Delgado eleito Provedor de Justiça de Cabo Verde

O antigo presidente do Tribunal de Contas, José Carlos Delgado, foi confirmado pelo Parlamento, como o novo Provedor de Justiça de Cabo Verde. Parlamento aprovou...

A economia moçambicana cresce mas não cria poupança, alertam especialistas

Pouco mais de 36 por cento da população moçambicana adulta tem conta bancária. Moçambique assinala o Dia Internacional da Poupança, amanhã, 31, com o reconhecimento...

Ministério da Família preocupado com assédio moral e sexual

O Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU) apontou haver preconceito de género, assédio moral e sexual nas instituições de defesa...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.