- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Petro trava Libolo

Petro trava Libolo

0,a3d1f8b0-87bf-4e8e-a13c-57c42d5d7aeeUm golo do médio Job, aos 87 minutos, na sequência da marcação de um pontapé de grande penalidade duvidoso, assinalado pelo árbitro Paulo Talaia, deu ontem a vitória, por 1-0, ao Petro de Luanda sobre o Recreativo do Libolo, no jogo da primeira-mão da Supertaça de futebol, disputado no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda.
As duas equipas proporcionaram um jogo equilibrado no tempo regulamentar, mas sem consistência na qualidade das jogadas ofensivas combinadas.
Durante o desafio, os “tricolores” pretendiam assumir um papel preponderante no sector intermédio, onde procuravam defender-se bem, para tirar partido do contra-ataque. O seu modelo de jogo foi alterado na etapa complementar, com as entradas de Kêmbwa e Mabululo, que passaram a actuar com intensidade pelas laterais. A partir deste momento, o Libolo também passou a pressionar, exigindo uma maior organização defensiva dos “tricolores”.
Na primeira parte, as duas equipas lutavam constantemente pela posse da bola no sector intermédio, onde a hegemonia pelo esférico esteve repartida. O médio ofensivo Job, do Petro, aos 71 minutos beneficiou de uma excelente oportunidade para marcar o golo, mas isolado no interior da área dos adversários precipitou o remate e atirou para fora.
Na primeira parte, o árbitro Paulo Talaia anulou mal um golo aos “tricolores”, apontado pelo avançado ganense Benjamim, aos 18 minutos, na sequência de um livre. O avançado proveniente do Ashanti Kotoko do Gana antecipou-se à defesa do Libolo e cabeceou sem oposição. O jogo da segunda mão disputa-se no próximo domingo, às 15h00, no estádio da vila de Calulo, na província do Kwanza-Sul. Para este desafio, o Conselho Central de Árbitros da Federação Angolana de Futebol (CCAFAF) nomeou o juiz António Caxala, enquanto Júlio Lemos e Miguel Luvumbo são os assistentes da partida. Pedro dos Santos é o quarto árbitro, enquanto Luís Cazola foi indicado para comissário ao desafio.
Este jogo entre o campeão nacional e o vencedor da Taça de Angola marca a abertura da época.

(jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Presidente do PRS: “Quem adiou as autarquias em Angola foi o Presidente da República”

A acusação é de Benedito Daniel, presidente do Partido de Renovação Social (PRS), em réplica ao discurso sobre o "Estado da Nação" proferido pelo...
- Publicidade -

Moçambique: Cadeia provincial de Inhambane sobrelotada e sem condições

A cadeia provincial de Inhambane, no sul de Moçambique, tem o dobro de reclusos que a sua capacidade poderia suportar. Detidos ouvidos pela DW África reclamam falta...

Valentino Rossi acusa positivo à Covid-19 e falha GP de Aragão

Valentino Rossi informou recentemente que acusou positivo no teste feito à Covid-19. O piloto italiano de MotoGP não se estava a sentir bem, como...

Henri Lopes: “No Congo, a independência era assustadora”

Ex-primeiro-ministro e ex-embaixador do Congo na França, o escritor Henri Lopes conta a atmosfera confusa que reinou no Congo nas décadas de 1960 e...

Notícias relacionadas

Presidente do PRS: “Quem adiou as autarquias em Angola foi o Presidente da República”

A acusação é de Benedito Daniel, presidente do Partido de Renovação Social (PRS), em réplica ao discurso sobre o "Estado da Nação" proferido pelo...

Moçambique: Cadeia provincial de Inhambane sobrelotada e sem condições

A cadeia provincial de Inhambane, no sul de Moçambique, tem o dobro de reclusos que a sua capacidade poderia suportar. Detidos ouvidos pela DW África reclamam falta...

Valentino Rossi acusa positivo à Covid-19 e falha GP de Aragão

Valentino Rossi informou recentemente que acusou positivo no teste feito à Covid-19. O piloto italiano de MotoGP não se estava a sentir bem, como...

Henri Lopes: “No Congo, a independência era assustadora”

Ex-primeiro-ministro e ex-embaixador do Congo na França, o escritor Henri Lopes conta a atmosfera confusa que reinou no Congo nas décadas de 1960 e...

RDC: batalha entre Kabila e Tshisekedi pelo controle do Tribunal Constitucional

Félix Tshisekedi e seu antecessor Joseph Kabila têm travado uma batalha feroz pelo controle do Tribunal Constitucional há várias semanas. Na véspera da posse dos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.