- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Cuba empresta docentes para institutos de Saúde

Cuba empresta docentes para institutos de Saúde

20130221070445giselaUm grupo de 31 professores cubanos chega a Angola ainda este ano, para prestar assistência técnica nos institutos médios de saúde existentes no país, revelou ontem a embaixadora de Cuba acreditada em Luanda, à saída de uma audiência que lhe foi concedida pelo Vice-Presidente da República, Manuel Vicente.
Gisela Rivera esclareceu que estes técnicos vêm a Angola no âmbito da cooperação entre os dois países e alguns deles vão ser colocados no Instituto Médio de Saúde do Cunene, que ela visitou recentemente e cujas instalações elogiou.
Neste momento, encontram-se em Angola cerca de quatro mil colaboradores cubanos colocados nos sectores da Saúde, Educação e Construção Civil. Destes, 185 trabalham no Cunene.
Questionada sobre a possibilidade de estender a cooperação a outras áreas sociais, a embaixadora respondeu positivamente. “No Cunene, por exemplo, estamos com um projecto muito importante, que é o da água, que tem um impacto muito grande porque vai ajudar grande parte da população da província a ter acesso à água potável”, disse, acrescentando que Cuba está presente em quase todos os sectores nos quais “pode dar a sua contribuição para o desenvolvimento de Angola, ainda que seja com um simples grão de areia”. Gisela Rivera fez uma “avaliação muito positiva” do estado da cooperação entre Angola e Cuba, lembrando que os milhares de cooperantes cubanos trabalham em diferentes programas ligados à saúde e à educação. Destacou, neste particular, o programa de luta contra a malária e o de alfabetização da população, e considerou o seu país um dos mais importantes parceiros de Angola nesses sectores.
A embaixadora considerou ainda irreversível o aumento das relações entre Angola e Cuba e afirmou que “há um grande reconhecimento, tanto do Executivo como dos governos provinciais, da colaboração cubana”. A embaixadora cubana visitou recentemente as províncias do Kuando-Kubango e do Cunene, onde se inteirou dos projectos que contam com a participação de técnicos cubanos. Durante a sua estada no Kuando-Kubango, Gisela Rivera visitou o município histórico do Cuito Cuanavale, onde as então FAPLA, com o apoio das forças internacionalistas cubanas, travaram, em 1988, o avanço das tropas sul-africanas do regime apartheid. No local, a embaixadora mostrou-se satisfeita pelo reconhecimento que as comunidades cubanas têm tido em função das actividades de reconstrução em curso na província. Além da contribuição na educação e na saúde, os cubanos participam na construção e reconstrução de infra-estruturas como pontes e aeroportos.
No Cunene, Gisela Rivera analisou os projectos em curso na província e constatou o modo de vida de toda a comunidade cubana nesta parcela do território angolano. Durante a sua estada no Cunene, a diplomata deslocou-se ao município de Ombadja, onde depositou uma coroa de flores no memorial aos heróis angolanos e internacionalistas cubanos tombados.
Além disso, teve um encontro com a comunidade cubana e membros da administração local e visitou as obras do sistema hidráulico que está a ser desenvolvido pela empresa cubana Imbodex. Gisela Rivera deslocou-se ao complexo turístico de Oihole e ao Memorial ao Rei Mandume ya Ndemufayo, localizado no município de Namacunde. Por fim, manteve encontros em separado com os caimaneros (antigos bolseiros angolanos em Cuba) e com a comunidade cubana residente no Cunene.

(jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...
- Publicidade -

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Notícias relacionadas

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Racismo e política externa dominam último debate nos EUA

Com mudança de regra, Donald Trump e Joe Biden fazem debate menos caótico, mas mantêm os ataques pessoais e as trocas de acusações. O segundo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.