- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Fundo Soberano de Angola usado como referência

Fundo Soberano de Angola usado como referência

Fundo Soberano-O Fundo Soberano de Angola (FSDEA), lançado pelo Executivo angolano para promover o desenvolvimento socioeconómico de Angola e gerar riqueza para as gerações futuras do país, foi usado como referência em palestra realizada recentemente na cidade canadiana de Toronto.
A oradora, Madelaine Drohan, escritora e correspondente canadiana da prestigiada revista “The Economist”, deu a conhecer que o Canadá não possui um fundosemelhante, mas países como a Noruega, Timor-Leste e Angola, por serem mais prudentes, acharam por bem criar um fundo soberano.
Segundo a palestrante, esses fundos, criados com base nas receitas provenientes do petróleo, gás, mineração e outros recursos naturais, são utilizados pelos governos centrais como um potencial para gerar enormes riquezas para as gerações futuras.
Disse que não obstante o governo federal do Canadá não possuir um fundo como tal, algumas províncias como Alberta e Quebec têm.
Explicou que o Fundo de Alberta, criado em 1976, tem neste momento cerca de 16 biliões de dólares, enquanto o de Quebec, até Março de 2012, tinha nas suas reservas a soma de 4.3 biliões.
Salientou que a Noruega é o melhor exemplo a citar por este país ter empregado 100 porcento das suas receitas do petróleo e gás em investimentos para gerar riquezas.
Como resultado, informou Madelaine Drohan, até Agosto último o fundo soberano da Noruega estava avaliado em 617 biliões de dólares.
Ao referir-se às vantagens desses fundos, salientou que têm como função não apenas gerar riquezas, mas também manter a equidade entre as gerações, uma vez que as receitas dos recursos naturais extraídos presentemente poderão igualmente beneficiar as gerações vindouras, mesmo que estes recursos um dia deixem de existir.
Outra vantagem de fundos do género, de acordo com a oradora, é manter uma estabilidade macroeconómica.
“Os preços dos recursos sobem e descem. Se um governo faz o seu plano baseado nas receitas desses recursos e os preços no mercado baixam isso pode causar sérios constrangimentos. Já se as receitas são investidas e fazer-se planos somente com base nos rendimentos provenientes deste investimento, as verbas ficam mais que garantidas”.
Instada se era possível o Canadá, no seu todo, imitar países como Angola que possuem este fundo, respondeu que por estar-se perante uma federação, onde os recursos são reservas das provinciais, é muito difícil. “Mas nada impede que cada província tenha o seu fundo individual”, esclareceu.
Madelaine Drohan também escreve para o jornal “The Financial Times e comenta para as rádios BBC de Londres, ABC da Austrália, e CBC do Canadá. Nos últimos 30 anos tem se dedicado a cobrir matérias relacionadas com negócios e política no Canadá, Europa, África e Ásia.
A palestra é uma espécie de revisão para um ensaio intitulado “Gastar como se não existisse o amanhã”, que pretende publicar este mês, baseado na sua obra “Nove Hábitos de Economias bem sucedidas: Lições para o Canadá”. (portalangop.co.ao)
- Publicidade -
- Publicidade -

PR nomeia Jomo Fortunato ministro da Cultura

Em nota, a Casa Civil refere que antes, noutro decreto, o Presidente da República exonerou Adjany da Silva Freitas Costa, do cargo de ministra...
- Publicidade -

Última Hora: Libertados três jornalistas e um motorista detidos em manifestação no sábado em Luanda

Os três jornalistas e um motorista da Rádio Essencial que foram detidos no sábado, durante uma manifestação, em Luanda, foram libertados hoje à tarde,...

Movimento ameaça voltar às ruas se houver julgamento de manifestantes detidos

Autoridades negam, mas participantes e dirigentes da UNITA insistem que houve uma morte devido à repressão violenta do protesto de sábado em Luanda. Movimento...

UNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo da SADC

O general na reforma Abílio Kamalata Numa pediu a alteração da Lei Eleitoral de Angola, sugerindo que esteja alinhada com a lei-modelo da Comunidade...

Notícias relacionadas

PR nomeia Jomo Fortunato ministro da Cultura

Em nota, a Casa Civil refere que antes, noutro decreto, o Presidente da República exonerou Adjany da Silva Freitas Costa, do cargo de ministra...

Última Hora: Libertados três jornalistas e um motorista detidos em manifestação no sábado em Luanda

Os três jornalistas e um motorista da Rádio Essencial que foram detidos no sábado, durante uma manifestação, em Luanda, foram libertados hoje à tarde,...

Movimento ameaça voltar às ruas se houver julgamento de manifestantes detidos

Autoridades negam, mas participantes e dirigentes da UNITA insistem que houve uma morte devido à repressão violenta do protesto de sábado em Luanda. Movimento...

UNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo da SADC

O general na reforma Abílio Kamalata Numa pediu a alteração da Lei Eleitoral de Angola, sugerindo que esteja alinhada com a lei-modelo da Comunidade...

Seis jornalistas detidos na manifestação

O presidente do Sindicato dos Jornalistas de Angola (SJ) lamentou hoje a actuação da polícia durante a manifestação de sábado em Luanda e informou...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.