- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Presidente brasileira escreve para homólogo angolano

Presidente brasileira escreve para homólogo angolano

0,5e36617f-01bc-4397-9752-b59d08e8db10Uma mensagem da Presidente brasileira, Dilma Rousseff, relacionada com a parceria estratégica de defesa entre Angola e Brasil, deverá ser entregue, terça-feira, ao Chefe de Estado Angolano, José Eduardo dos Santos.

O facto foi anunciado hoje pelo ministro da Defesa do Brasil, Celso Luís Nunes Amorim, quando discursava na cerimónia de abertura das conversações oficiais entre delegações dos dois países a nível da defesa.

De acordo com o governante brasileiro, que se encontra em Angola para uma visita de 48 horas, a área da defesa é um dos pilares da parceria estratégica do seu país com as autoridades angolanas.

Nas conversações, que terminam terça-feira, as duas delegações analisam questões ligadas à criação e desenvolvimento da indústria militar angolana, formação de quadros militares, saúde militar, outras áreas.

No cumprimento da agenda da sua visita, Celso Amorim, que se faz acompanhar de oficiais generais dos ramos do Exército, Marinha, Força Aérea, bem como deempresários da indústria militar brasileira, visita hoje a Base Naval de Luanda, pertencente a Marinha de Guerra Angolana. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Presidente do PRS: “Quem adiou as autarquias em Angola foi o Presidente da República”

A acusação é de Benedito Daniel, presidente do Partido de Renovação Social (PRS), em réplica ao discurso sobre o "Estado da Nação" proferido pelo...
- Publicidade -

Moçambique: Cadeia provincial de Inhambane sobrelotada e sem condições

A cadeia provincial de Inhambane, no sul de Moçambique, tem o dobro de reclusos que a sua capacidade poderia suportar. Detidos ouvidos pela DW África reclamam falta...

Valentino Rossi acusa positivo à Covid-19 e falha GP de Aragão

Valentino Rossi informou recentemente que acusou positivo no teste feito à Covid-19. O piloto italiano de MotoGP não se estava a sentir bem, como...

Henri Lopes: “No Congo, a independência era assustadora”

Ex-primeiro-ministro e ex-embaixador do Congo na França, o escritor Henri Lopes conta a atmosfera confusa que reinou no Congo nas décadas de 1960 e...

Notícias relacionadas

Presidente do PRS: “Quem adiou as autarquias em Angola foi o Presidente da República”

A acusação é de Benedito Daniel, presidente do Partido de Renovação Social (PRS), em réplica ao discurso sobre o "Estado da Nação" proferido pelo...

Moçambique: Cadeia provincial de Inhambane sobrelotada e sem condições

A cadeia provincial de Inhambane, no sul de Moçambique, tem o dobro de reclusos que a sua capacidade poderia suportar. Detidos ouvidos pela DW África reclamam falta...

Valentino Rossi acusa positivo à Covid-19 e falha GP de Aragão

Valentino Rossi informou recentemente que acusou positivo no teste feito à Covid-19. O piloto italiano de MotoGP não se estava a sentir bem, como...

Henri Lopes: “No Congo, a independência era assustadora”

Ex-primeiro-ministro e ex-embaixador do Congo na França, o escritor Henri Lopes conta a atmosfera confusa que reinou no Congo nas décadas de 1960 e...

RDC: batalha entre Kabila e Tshisekedi pelo controle do Tribunal Constitucional

Félix Tshisekedi e seu antecessor Joseph Kabila têm travado uma batalha feroz pelo controle do Tribunal Constitucional há várias semanas. Na véspera da posse dos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.