- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Moradias coletivas ajudam dependentes químicos a retomar convívio social

Moradias coletivas ajudam dependentes químicos a retomar convívio social

AgenciaBrasil201302140042“Acordo, arrumo a cama, faço a higiene pessoal, tomo café, ajudo nas tarefas da casa”. O relato de ações que são cotidianas para a maioria das pessoas não fazia parte da vida de João Silva, 33 anos, há pelo menos nove anos. Somente há dois meses, quando passou a morar em uma das casas do programa municipal de Residência Terapêutica (RT) especial, que acolhe dependentes químicos, o ex-morador de rua pode voltar vivenciar situações simples, mas que refletem a reconquista de uma cidadania perdida.

“Na rua, você fica isolado. Não tem trabalho, família, lazer, amigos. Não tem roupas adequadas. Para ir no médico, [por exemplo] para estar no meio de pessoas que vivem normal, você fica mal, fica abandonado de tudo”, relatou. Encaminhado à residência por meio do serviço do Centro de Apoio Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD), João terá pelo menos seis meses para reestruturar seu convívio social e readquirir a capacidade de trabalho. Na próxima terça feira (19), ele começa o curso de garçom.

Em funcionamento há quase um ano, a casa, no bairro Grajaú, extremo sul da capital paulista, já recebeu 18 moradores. A ideia é proporcionar aos dependentes químicos a atmosfera de uma residência, permitindo que durante o período em que são acolhidos eles consigam se readaptar à vida em sociedade e restabeleçam os vínculos familiares. De acordo com a coordenação do programa, o índice de reinserção social de usuários de drogas com esse modelo é de aproximadamente 75%. Ler mais

(ebc.com.br)

- Publicidade -
- Publicidade -

Liberdade de imprensa numa opaca encruzilhada em Angola, Moçambique e Guiné-Bissau

André Mussamo, Ernesto Nhanala e António Nhanga analisam a situação e desafios nos seus países. No sábado 24, seis profissionais da imprensa em Angola foram...
- Publicidade -

PGR diz que não existe mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro guineense

O Procurador geral da República, Fernando Gomes, disse que o ministério público não emitiu ainda nenhum mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro, Aristides...

José Carlos Delgado eleito Provedor de Justiça de Cabo Verde

O antigo presidente do Tribunal de Contas, José Carlos Delgado, foi confirmado pelo Parlamento, como o novo Provedor de Justiça de Cabo Verde. Parlamento aprovou...

A economia moçambicana cresce mas não cria poupança, alertam especialistas

Pouco mais de 36 por cento da população moçambicana adulta tem conta bancária. Moçambique assinala o Dia Internacional da Poupança, amanhã, 31, com o reconhecimento...

Notícias relacionadas

Liberdade de imprensa numa opaca encruzilhada em Angola, Moçambique e Guiné-Bissau

André Mussamo, Ernesto Nhanala e António Nhanga analisam a situação e desafios nos seus países. No sábado 24, seis profissionais da imprensa em Angola foram...

PGR diz que não existe mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro guineense

O Procurador geral da República, Fernando Gomes, disse que o ministério público não emitiu ainda nenhum mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro, Aristides...

José Carlos Delgado eleito Provedor de Justiça de Cabo Verde

O antigo presidente do Tribunal de Contas, José Carlos Delgado, foi confirmado pelo Parlamento, como o novo Provedor de Justiça de Cabo Verde. Parlamento aprovou...

A economia moçambicana cresce mas não cria poupança, alertam especialistas

Pouco mais de 36 por cento da população moçambicana adulta tem conta bancária. Moçambique assinala o Dia Internacional da Poupança, amanhã, 31, com o reconhecimento...

Ministério da Família preocupado com assédio moral e sexual

O Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU) apontou haver preconceito de género, assédio moral e sexual nas instituições de defesa...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.