- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Ministério realiza um estudo sobre ecossistemas marinhos

Ministério realiza um estudo sobre ecossistemas marinhos

20130218141630fonteO Ministério do Ambiente iniciou a classificação pormenorizada e o levantamento dos ecossistemas marinhos e das zonas costeiras de Angola, com vista a estabelecer metas para a sua gestão racional e sustentável.
Um documento enviado à agência de notícias Angop informa que, no âmbito dos planos e políticas de preservação e conservação das zonas húmidas em Angola, o Ministério do Ambiente elaborou estudos de viabilidade para a protecção e asseguramento da gestão integrada de recursos hídricos, da qualidade de água e a salvaguarda da biodiversidade. O Ministério do Ambiente pretende, com este plano, elaborar um inventário das zonas húmidas em Angola, com vista a destacar a sua importância primária na produção da cadeia de alimentos e habitat natural das diversas espécies de animais e plantas.
De acordo com a nota, o Ministério do Ambiente promove o conhecimento sobre a interdependência que existe entre a água e zonas húmidas junto da sociedade, para o asseguramento do uso partilhado dos recursos hídricos.
Em Angola, grande parte das zonas húmidas encontra-se localizada na região sudeste do país, com destaque para as províncias do Bié, Kuando-Kubango e Moxico.
As actividades humanas, incluindo a agricultura e povoações, contribuíram para a perda de cerca de 50 por cento das zonas húmidas mundiais, durante o século XX.

(jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.