- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Antigo administrador da RTP recorda pressões do PS quando estava à frente...

Antigo administrador da RTP recorda pressões do PS quando estava à frente da TV pública

751804Julgamento do caso Taguspark prossegue no Tribunal de Oeiras. Dois dos três arguidos estão a ser ouvidos.
O antigo administrador da RTP, João Carlos Silva, um dos três arguidos no caso Taguspark que está a ser julgado em Oeiras, recordou na manhã desta segunda-feira em tribunal as pressões de que foi alvo por parte de camaradas seus socialistas depois de ter ido integrar o conselho de administração da TV pública, em 1999.

“Eu recebia queixas de que as notícias não eram como deviam ser. Recebi cartas de dirigentes importantes do PS a dizer que estava a deixar que as estruturas da informação fossem controladas por adversários do partido”, relatou, apontando José Junqueiro e Jorge Coelho como dois dos autores dessas alegadas pressões.

Jorge Coelho, disse, chegou a apresentar na altura uma queixa contra a televisão do Estado na Alta Autoridade para a Comunicação Social por a RTP ter coberto um evento do PSD em Viseu mas não um do PS que se realizou na mesma cidade. A queixa acabou por ser arquivada. Ler mais

(publico.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.