- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Planeamento familiar tem novo modelo

Planeamento familiar tem novo modelo

20130215092930planeamento (1)Mulheres em idade fértil no município de Cazengo, Kwanza-Norte, relataram, ao Jornal de Angola, que preferem o novo método de planeamento familiar, processado através do método “Jadel”, vulgarmente conhecido por “chip”, em vez dos antigos métodos feitos por injecção e pílulas.
A nossa reportagem ouviu várias mulheres em consultas no Centro Materno Infantil que consideraram o novo método menos cansativo, tem mais eficácia e durabilidade.
Antónia André, de 22 anos, contou que anteriormente usava a pílula. Uma vez teve um descuido e engravidou. Madalena Carlos frisou que aderiu ao método de “Jadel” pelo facto de não gostar de injecções e não ter paciência para tomar os anticoncepcionais regularmente.
A responsável do sector das consultas no Centro Materno Infantil do Cazengo, Elisa Viegas, destacou a diferença entre os vários métodos aplicáveis, explicando que as pílulas são de uso diário, sem excepção. A injecção é trimestral, enquanto o método “jadel” tem a durabilidade de cinco anos.
A médica deu a conhecer que o “chip” tem a espessura de um palito de fósforo e liberta uma hormona que inibe a acção do espermatozóide no aparelho reprodutor feminino. Elisa Viegas sublinhou que o implante é aplicado na parte exterior do braço. “O processo não é realizado em mulheres que sofrem de hipertensão arterial ou obesas, porque pode causar o aumento da tensão ou ineficácia devido ao excesso de gordura”, disse a médica.
A hormona contida no “chip” pode causar menstruação irregular ou mais demorada do que o normal. As mulheres consideram que o planeamento familiar contribui para evitar o excesso de filhos e ter boa gestão dos recursos financeiros no lar, para dar mais dignidade aos filhos e harmonia na família.
Ana Aguiar disse que a razão de fazer planeamento é a falta de recursos financeiros: “eu e o meu marido temos um ordenado baixo, por esta razão, pensamos ter poucos filhos, para evitarmos problemas com a educação e o sustento deles”, disse. Maria Ricardo teve três partos e o último foi realizado através de uma cesariana: “não quero ter mais filhos, até para não causar danos à minha saúde”.

A jovem Elisa Viegas lamentou o comportamento dos maridos que se recusam a acompanhar as mulheres às consultas: “esta situação que pode originar o incumprimento das recomendações médicas, a fuga às consultas pode originar riscos de doenças como anemia, malária, ou diagnóstico de outras doenças transmitidas sexualmente, que podem pôr em risco a saúde da parturiente e do próprio bebé”.
A médica Elisa Viegas recomendou ainda cuidados a ter com o tipo de calçado e roupas, a utilizar durante o período de gestação, aconselhou as mães a terem higiene rigorosa neste período e fazer quatro a cinco refeições por dia em pequenas quantidades. È preciso também ser rigorosa com os exames. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.