- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola "O Chacal" pede atitude "mais enérgica" da Venezuela

“O Chacal” pede atitude “mais enérgica” da Venezuela

ng2383543Carlos “o Chacal”, detido em França desde 1994 e condenado a uma segunda pena de prisão perpétua em dezembro de 2011, pediu ao Governo da Venezuela uma atitude “mais enérgica” para que seja repatriado.

“Faço um apelo aos verdadeiros revolucionários que estão no governo para que me acompanhem e me apoiem neste luta para conseguir a minha repatriação. A atitude do governo deve ser mais enérgica”, disse Ilich Ramírez, conhecido como Carlos “o Chacal”, em entrevista divulgada na quinta-feira pelo diário Últimas Noticias.
Carlos “O Chacal”, de 63 anos, foi capturado no Sudão em 1994 e está desde então detido em França, onde cumpre pena de prisão perpétua por ter cometido três atentados nesse país em 1982 e 1983, que mataram 11 pessoas e feriram outras 190.
Ramirez pediu a repatriação ao Presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que o defendeu como sendo “um lutador revolucionário” em várias ocasiões, recordando que o governo venezuelano se comprometeu, em 2011, a apoiá-lo “do ponto de vista humanitário”. Ler mais

(dn.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

MINSA teme colapso do sistema de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, considerou sábado, em Luanda, que o aumento de infecções por Covid-19 no país pode...

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Notícias relacionadas

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...

MINSA teme colapso do sistema de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, considerou sábado, em Luanda, que o aumento de infecções por Covid-19 no país pode...

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.