- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Exércitos angolano e norte-americano abordam cooperação bilateral

Exércitos angolano e norte-americano abordam cooperação bilateral

0,c7b6927f-d499-4682-b16d-456af6839fa9Aspectos ligados a cooperação no domínio da formação de efectivos militares das Forças Armadas Angolanas (FAA) em engenharia dominaram hoje, sexta-feira, em Luanda, o encontro entre o comandante do Exército, general Lucío do Amaral, e uma delegação do Comando do Exército Norte-Americano em África (Africom), chefiada pelo major-general Patrick Donahye.

À saida do encontro, o oficial general norte-americano, que hoje termina uma visita de trabalho de três dias a Angola, destinada ao reforço das relações de cooperação e amizade com entidades das FAA, salientou que outro objectivo da reunião “foi auscultar algumas preocupações deste ramo e posteriormente ajudar naquilo que for necessário”.

“Nós temos uma grande tradição no nosso exército concernente à construção de unidades e outras infra-estruturas militares, nesta base, nós vamos continuar a transmitir essa experiência aos responsáveis militares angolanos”, salientou.

O major-general Patrick Donahye fez saber também que existe, para este ano, um programa conjunto (exércitos angolano e norte-americano) que é o de tentar reduzir gradualmente o indíce de algumas doenças no seio das populações em Angola.

A comitiva é integrada por seis altos oficiais da “Africom”, que tem a sua base na Itália. Ainda na capital manteve um encontro de trabalho com o chefe do Estado Maior General das FAA, general Geraldo Sachipengo Nunda, com quem abordou assuntos de interesse bilateral militar.

A delegação realiza um périplo por alguns países africanos, sendo Angola a última etapa da missão nesta parte do continente africano.

As FAA têm cooperado com os Forças Armadas Norte-Americanas, sobretudo nos ramos do ensino do inglês, assistência em matéria de combate ao HIV-Sida, formação de técnicos de informática e de outras áreas. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

A segunda parte do Lourencismo

O próximo sábado, 24 de Outubro, voltará a ser um dia tenso em Luanda. Em contexto de profunda crise económica, desemprego e carências, jovens...
- Publicidade -

FMI: Angola não recupera da pandemia até 2024

O Fundo Monetário Internacional (FMI) considerou hoje num relatório que as maiores economias da África subsaariana, onde se inclui Angola, não deverão recuperar os...

PNUD e IGAE assinam memorando com vista ao combate à corrupção

As duas instituições pretendem trabalhar para a elaboração de instrumentos legais que visam a avaliação de riscos contra a corrupção e previsão de medidas...

Falta de limpeza nas valas de drenagem preocupa moradores

Os moradores do bairro Rocha Pinto pedem “intervenção urgente” da Administração do Distrito da Maianga para limpeza da vala de drenagem do canal 3,...

Notícias relacionadas

A segunda parte do Lourencismo

O próximo sábado, 24 de Outubro, voltará a ser um dia tenso em Luanda. Em contexto de profunda crise económica, desemprego e carências, jovens...

FMI: Angola não recupera da pandemia até 2024

O Fundo Monetário Internacional (FMI) considerou hoje num relatório que as maiores economias da África subsaariana, onde se inclui Angola, não deverão recuperar os...

PNUD e IGAE assinam memorando com vista ao combate à corrupção

As duas instituições pretendem trabalhar para a elaboração de instrumentos legais que visam a avaliação de riscos contra a corrupção e previsão de medidas...

Falta de limpeza nas valas de drenagem preocupa moradores

Os moradores do bairro Rocha Pinto pedem “intervenção urgente” da Administração do Distrito da Maianga para limpeza da vala de drenagem do canal 3,...

Bonga realiza espectáculos em Portugal e lança novo álbum nos 45 anos da independência de Angola

O projecto conta com mais de uma dezena de artistas, que atuam no dia da independência, 11 de novembro, no Teatro Capitólio, no Parque...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.