- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Capacitação dos recursos humanos contribui para consolidação do Estado de Direito

Capacitação dos recursos humanos contribui para consolidação do Estado de Direito

0,b54b631c-06b4-4732-965c-5473f0ce7f87Luanda – O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Rui Mangueira, afirmou hoje, sexta-feira, em Luanda, que a capacitação dos recursos humanos existentes, através do investimento contínuo na formação dos funcionários, contribui para a consolidação do Estado Democrático de Direito.

Rui Mangueira afirmou tal facto quando intervinha na abertura da acção de formação dos quadros da direcção Nacional dos Registos e do Notariado.

Neste âmbito, referiu, o ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, enquanto integrante da Administração Pública, é parte fundamental desse processo de capacitação dos homens e das mulheres que podem assegurar o projecto nacional de desenvolvimento.

Para si, a jornada de formação que se inicia é mais um indicador da nova atitude e dinâmica que vão implementar nos serviços, no cumprimento do programa do Governo.

Assim, referiu, a opção pelo sector de Registo e Notariado, como pioneira destas acções, deixa clara a sua importância no trabalho a desenvolver pelo Ministério.

Em sua opinião, as áreas de Registo e Notariado têm um papel efectivo junto dos cidadãos e constituem instrumentos indispensáveis ao exercício efectivo da cidadania.

A seu ver, para que estes possam assegurar a base desse processo de desenvolvimento sustentável e consolidado, exige-se “de nós uma atitude consentânea com nível de responsabilidade desta tarefa”, acrescentou.

Na ocasião, Rui Mangueira referiu-se ao facto de durante anos os funcionários do ministério da Justiça serem tidos como “ícone dos defeitos da máquina burocrática”.

No sentido de mudar definitivamente essa imagem, disse que cada funcionário deve ter uma nova atitude perante as suas responsabilidades e que seja, para isso, munido com os avançados recursos tanto a nível da modernização em equipamento como na sua formação.

“Só com recursos humanos fortes, e cada vez mais competentes, poderemos ser capazes de vencer os obstáculos que se avizinham na exigente tarefa de modernizar os serviços de Registo e Notariado”, frisou.

Por seu turno, o presidente do Instituto de Registos e do Notariado de Portugal, António Figueiredo, ao falar da experiência portuguesa afirmou que todo o serviço de Registo e Notariado está conectado por uma base de dados, onde o funcionário tem acesso a todas as informações, em rede, do utente do serviço.

Neste âmbito, afirmou que para tal é fundamental que haja recursos humanos capazes de levar avante tal processo.

“Em qualquer reforma, por melhor que sejam os equipamentos informáticos, as instalações, o essencial reside sempre nos recursos humanos”, disse.

A acção de formação dirigida a Conservadores e Notários tem como propósito capacitar os quadros dos sector dotando-os conhecimento para identificar, dentre outros assuntos, a finalidade e os factos de um registo, dar os suportes documentais e distinguir os documentos para registo.

Fazer anotação no Livro-diário, saber qualificar um acto de registo, saber fazer um acto de registo composto e averbamentos, emitir certidões, elaborar um processo de justificação de direitos, saber fazer processos de rectificação, de recurso e de reclamação, adquirir e desenvolver conhecimentos sobre gestão, organização da conservatória, dominar a contabilidade e cobrança de emolumentos, também fazem parte dos objectivos dessa formação. (portalangop.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Estudo indica como vírus se espalha em uma sala de aula

A pesquisa apontou que, mesmo com distância de mais de 2 metros entre os estudantes, partículas minúsculas suspensas no ar podem circular entre eles. Em...
- Publicidade -

Por que a mudança para o gás de cozinha ainda é tão lenta em África?

O uso de combustíveis como carvão vegetal ou mesmo querosene para cozinhar é um contribuinte significativo para as mortes relacionadas à poluição. A solução é...

FC Porto e Marselha derrotados no arranque da Liga dos Campeões

A primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões edição 2020/2021 ficou encerrada na quarta-feira 21 de Outubro, sendo que o FC...

Papa Francisco defende uniões de facto de casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu hoje pela primeira vez que os casais homossexuais devem ser protegidos pelas leis da união civil, durante uma entrevista para...

Notícias relacionadas

Covid-19: Estudo indica como vírus se espalha em uma sala de aula

A pesquisa apontou que, mesmo com distância de mais de 2 metros entre os estudantes, partículas minúsculas suspensas no ar podem circular entre eles. Em...

Por que a mudança para o gás de cozinha ainda é tão lenta em África?

O uso de combustíveis como carvão vegetal ou mesmo querosene para cozinhar é um contribuinte significativo para as mortes relacionadas à poluição. A solução é...

FC Porto e Marselha derrotados no arranque da Liga dos Campeões

A primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões edição 2020/2021 ficou encerrada na quarta-feira 21 de Outubro, sendo que o FC...

Papa Francisco defende uniões de facto de casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu hoje pela primeira vez que os casais homossexuais devem ser protegidos pelas leis da união civil, durante uma entrevista para...

Covid-19: Portugal regista mais 2.535 infectados e 16 mortes

Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 2.535 infetados pelo novo coronavírus, e 16 mortes associadas à Covid-19, revela o boletim epidemiológico da Direção-Geral...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.