- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Juras de amor no Dia dos Namorados

Juras de amor no Dia dos Namorados

20130214140446namoroHoje é o Dia de São Valentim, conhecido como Dia dos Namorados. Em Angola, a data é celebrada sobretudo pelos mais jovens. Neste dia, os enamorados trocam juras de amor, abraços, beijos, e oferecem flores, chocolates e peluches.
O importante é demonstrar afectos que levem a que os eleitos dos seus corações se sintam, nesta data, muito especiais.
Na capital angolana, Luanda, as boutiques registaram ontem um movimento inusitado, na procura de artigos para oferecer. “Todos querem agradar”, afirmou Zélia Antunes, empregada de uma boutique na Baixa de Luanda.
Zélia admite que hoje o número de clientes venha a superar o de ontem. Afirmou que os artigos mais procurados pelos rapazes são as lingeries, seguindo-se os cosméticos. Já as meninas, prosseguiu, compram mais perfumes, camisas e carteiras para oferecer.
Andrade João comprou a oferta para a esposa, mas preferiu não revelá-la. Confessa que a relação com sua companheira está a passar por um momento difícil, mas sublinha que vai aproveitar a ocasião para a reconciliação.
A florista Tânia Zulmira diz que hoje o movimento vai ser diferente “por se tratar de uma ocasião especial para os que se amam”.
O Dia dos Namorados tem a sua origem num acontecimento ocorrido na segunda metade do século III, na cidade de Terni, a 75 quilómetros de Roma.

O Império Romano, governado na altura por Claudius II, estava envolvido em campanhas militares consideradas sangrentas, o que levou a dificuldades no recrutamento de novos soldados para as legiões romanas. Reza a história que os homens do império não queriam alistar-se no exército, porque tinham as suas mulheres e filhos e recusavam separar-se deles.
Para resolver este problema, o imperador decretou que os jovens fossem proibidos de acasalar ou casar. Contrariando essa determinação, Valentim, bispo de Terni, continuou a efectuar casamentos de jovens apaixonados. Ele era de opinião de que o homem não tinha direito de separar tão belos sentimentos: o amor.
Quando o imperador tomou conhecimento da celebração dessas cerimónias ordenou a decapitação do bispo Valentim, facto que ocorreu a 14 de Fevereiro de 270. Em 498, o Papa Gelasius canonizou-o, pela sua abnegação em prol da fé e do amor.
Durante a Idade Média, Valentim foi um dos santos mais populares em Inglaterra e França. Vários países adoptaram este dia como feriado. É o caso da Inglaterra desde o século VII e dos Estados Unidos desde 1700. Mas na história da Igreja Católica há referência a dois S. Valentim. Estes têm em comum o facto de terem sido mártires nas mãos de pagãos. O outro, em meados do Século II d.C., recusou-se a abdicar da fé cristã que professava, tendo por isso sido preso pelos romanos. Reza a história que as crianças lhe escreviam cartas de amor e atiravam-nas para dentro da sua cela, pela janela.
Nesta data, toda a manifestação de carinho contribui para cristalizar valores como o amor, a paz, solidariedade e amizade profunda entre namorados, mas também entre os nossos amigos. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...
- Publicidade -

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Notícias relacionadas

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Racismo e política externa dominam último debate nos EUA

Com mudança de regra, Donald Trump e Joe Biden fazem debate menos caótico, mas mantêm os ataques pessoais e as trocas de acusações. O segundo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.