- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Programa de pulverização domiciliar protege milhares de famílias na região

Programa de pulverização domiciliar protege milhares de famílias na região

20130213100331meninasUm programa de pulverização intra-domiciliar da “ABT-USAID”, no âmbito do combate à malária, abrangeu 136 mil casas e um universo de 650 mil habitantes da região sul do país, durante o ano passado.
Judith Bulanzi, a gestora das operações da ABT, disse que o projecto de combate ao paludismo foi levado a cabo em parceria com o Ministério da Saúde, nas províncias do Cunene, Huambo e Huíla.
A responsável, que falava no encontro provincial de avaliação da campanha de pulverização-2012, informou que, das 136 mil moradias pulverizadas, 64 mil são casas dos municípios do Lubango e Chibia, com a abrangência de 320.746 habitantes protegidos.
Esclareceu que o objectivo primário da Pulverização Residual Intra-domiciliar (PRI), nas províncias do Huambo, Huíla e Cunene, é de contribuir para prevenir e reduzir a transmissão e mortalidade por malária.
Avançou que constitui ainda objectivo da PRI limitar a exposição das pessoas à malária, reduzindo a incidência e prevalência da doença, alcançar pelo menos 85 por cento de cobertura de pulverização nos municípios alvo. Afirmou que o Ministério da Saúde atribui valor ao apoio técnico e financeiro prestado pelo povo americano, através do Programa Nacional de Controlo da Malária (PNCM).
Reconheceu que a direcção provincial da Saúde da Huíla, em parceria com a ABT Associates, tem estado a conjugar esforços para a implementação do Programa de Pulverização Residual Intra-domiciliar (PRI), para o controlo da malária como parte da estratégia do controlo integrado de vectores, a par de outras intervenções.
Disse que a iniciativa Presidencial Contra a Malária (PMI) do governo dos Estados Unidos da América foi lançada em Junho de 2005. A ABT Associates foi seleccionada, através de concurso público, sob contrato com a Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID), para levar a cabo o projecto da Pulverização Residual Intra-domiciliar em Angola.

Para se atingir os resultados positivos, a ABT trabalha conjuntamente com o Programa Nacional da Malária, direcções provinciais da Saúde, ONG, comunidades e líderes na implementação do programa.

Mais campanhas

Anunciou que o projecto nas três provinciais começou em 2010. Para este e o próximo ano estão planificadas a realização de duas campanhas de pulverização.
Disse que, para os próximos dias, a acção vai ser implementada com a distribuição universal de mosqueiteiros impregnados às familias abrangidas pelo processo de pulverização.
Judith Bulanzi afirmou que nas campanhas passadas houve muita exigência de qualidade. “Conseguimos estabelecer um pacote de monitoria e avaliação, que vai servir não só o projecto, mas todo o programa incorporado no programa da malária a nível do país”, acrescentou a responsável.
A gestora da ABT anunciou que o programa de pulverização intra-domiciliar nas províncias da Huíla, Huambo e Cunene vai continuar, na medida em que das 136 mil estruturas atingidas, o mapeamento geográfico contemplou 300 mil moradias a atingir.
A pulverização residual intra-domiciliar é uma das estratégias para a redução da malária.

Situação na Huíla

Segundo o representante da ABT na Huíla, António Domingos, a pulverização intra-domiciliar naquela província está na sua oitava jornada, tendo abrangido cerca de 500 mil residências.
Para a campanha 2012, em que foram pulverizadas 64.606 casas dos municípios do Lubango e Chibia, trabalharam 420 pessoas, entre supervisores, líderes, motoristas, lavadeiras e outras.
Nesta altura, a associação pretende fortalecer cada vez mais os laços institucionais, a melhoria do sistema de sinalização das casas, recrutamento e selecção dos mobilizadores e operadores.
Manter e demonstrar a qualidade técnica, cumprir com os requisitos ambientais, comunicar objectivos e resultados de forma proativa, controlar os custos e optimizar o custo-eficácia, capacitar e transferir a responsabilidade operacional, bem como alcançar o impacto deverão igualmente merecer a atenção das autoridades, a fim de se atingir os resultados preconizados. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...
- Publicidade -

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Notícias relacionadas

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Racismo e política externa dominam último debate nos EUA

Com mudança de regra, Donald Trump e Joe Biden fazem debate menos caótico, mas mantêm os ataques pessoais e as trocas de acusações. O segundo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.