- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique Detido presidente do Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique

Detido presidente do Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique

Herminio-dos-Santos_07x11x625x210O presidente do Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique, Hermínio dos Santos, foi detido hoje na sua residência em Maputo e será julgado na sexta-feira, anunciou em comunicado o Partido de Ampliação Social de Moçambique (PASOMO).

O Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique, que integra antigos combatentes da guerrilha da Resistência Nacional de Moçambique (Renamo), atual maior partido da oposição, e do exército governamental, organizou na terça-feira uma concentração nas imediações do gabinete do primeiro-ministro, Alberto Vaquina, para exigir uma pensão mensal de mais de 492 euros.

Em comunicado enviado à Lusa, o PASOMO, partido extraparlamentar que firmou um acordo de parceria com o Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique, refere que Hermínio dos Santos foi levado da sua casa por agentes à paisana e “encarcerado na cela do Tribunal Judicial Khampfumo”, em Maputo.

Sem adiantar as razões da detenção do presidente do Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique, o PASOMO refere que Hermínio dos Santos será julgado na próxima sexta-feira.

Jornalistas que estiveram no tribunal confirmaram à Lusa ter visto Hermínio dos Santos a entrar no local acompanhado de agentes da polícia.

A Lusa tentou ouvir a polícia moçambicana sobre o caso, mas não obteve ainda a reação.

A concentração de terça-feira, do Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique, segue-se a várias manifestações que o grupo realizou no ano passado nas imediações do gabinete do primeiro-ministro pelo pagamento de pensões.

Para resolver a situação, a Assembleia da República aprovou em 2012 o “Estatuto do Combatente”, que contém os critérios de atribuição da pensão, mas o Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique rejeitou o documento.

(lusa.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Seis professores testam positivo no Cuanza Norte

Seis professores do Cuanza Norte submetidos ao teste da biologia molecular (RT-PCR), na semana transacta, testaram positivo à Covid-19. O facto foi anunciado pelo responsável...
- Publicidade -

UNITA mantém suspensão dos membros acusados de querer destituir o seu líder

O presidente do Conselho Jurisdicional desta força política, africano Kangombe, contactado, ontem, por este Jornal, sobre o assunto, evitou falar, depois de ter dado...

Covid-19: Angola com 227 novas infecções e 117 recuperados

Duzentos e vinte e sete novos casos, um óbito e cento e dezassete pacientes recuperados é o balanço epidemiológico anunciado, nesta terça-feira, em Luanda,...

João Lourenço no Africa Debate a convite do Instituto Tony Blair

O Presidente João Lourenço vai participar, no dia 5 de Novembro, no Africa Debate, o principal evento do fórum empresarial de África realizado em...

Notícias relacionadas

Covid-19: Seis professores testam positivo no Cuanza Norte

Seis professores do Cuanza Norte submetidos ao teste da biologia molecular (RT-PCR), na semana transacta, testaram positivo à Covid-19. O facto foi anunciado pelo responsável...

UNITA mantém suspensão dos membros acusados de querer destituir o seu líder

O presidente do Conselho Jurisdicional desta força política, africano Kangombe, contactado, ontem, por este Jornal, sobre o assunto, evitou falar, depois de ter dado...

Covid-19: Angola com 227 novas infecções e 117 recuperados

Duzentos e vinte e sete novos casos, um óbito e cento e dezassete pacientes recuperados é o balanço epidemiológico anunciado, nesta terça-feira, em Luanda,...

João Lourenço no Africa Debate a convite do Instituto Tony Blair

O Presidente João Lourenço vai participar, no dia 5 de Novembro, no Africa Debate, o principal evento do fórum empresarial de África realizado em...

PRS defende envolvimento dos cidadãos no combate à corrupção

Para o partido, apesar das acções já em curso no âmbito do combate à corrupção, é necessário e urgente que os órgãos competentes retirem...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.