- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Angola participa na reunião da iniciativa transfronteiriça do Mayombe

Angola participa na reunião da iniciativa transfronteiriça do Mayombe

20091013084948Fatima_JardimOs ministros promotores da iniciativa transfronteiriça do Mayombe (ITM) reiteraram hoje, em Kinshasa (RDC), a necessidade de assinarem o plano estratégico intitulado conhecimento da biodiversidade da dinâmica socioeconómica dos resultados da aplicação da Lei e dos impactos das mudanças climáticas, através da investigação e da bio monitorização.

A decisão foi tomada no termo da reunião dos ministros do Ambiente de Angola, da República Democrática do Congo, e do Congo Brazzaville, que decorreu de 12 a 13 de Fevereiro na capital do antigo Zaire, conforme estipulam os artigos 7 e 10 da referida iniciativa.

As delegações dos três países da África central que compõem o Comité transfronteiriço do Mayombe (CTM) saudarem a adesão do Gabão à iniciativa, por resultar no alagamento da área da ITM.

Depois de apreciarem os esforços envidados, visando o lançamento do processo de criação de um instrumento jurídico constringente, mandataram ao comité regional técnico, que será composto por dois especialistas de cada país, a propor um anteprojecto visando a elaboração da referida norma jurídica.

Ainda no que tange o documento sobre a iniciativa transfronteiriça do Mayombe, foi igualmente decidido que a unidade de coordenação transitória seja dotada de recursos humanos, financeiros e materiais apropriados conforme as decisões do Comité transfronteiriço do Mayombe (CTM) tomadas em 2012, em Luanda, para torna-las eficazes.

Com vista a definir os limites da reserva de cada Estado, os participantes do encontro de Kinshasa validaram os projectos de delimitação da área transfronteiriça protegida tal como proposta por cada país e solicitaram ao mesmo tempo um apoio técnico e financeiro da unidade de coordenação e de qualquer parceiro, para a execução deste trabalho.

O primeiro atelier sobre a iniciativa transfronteiriça do Mayombe organizou em Kinshasa, RDC, de 16 a 17 de Abril de 2009, e teve como objectivo criar uma área transfronteiriça protegida, uma reserva de biosfera na África central, e um quadro transfronteiriço de concertação.

As delegações ao encontro de 12 a 13 de Fevereiro foram chefiadas pela ministra angolana do Ambiente, Fátima Jardim, ministros da RDC, Bavon N’sa Mputu Elima, do Congo Brazzaville, Josué Rodrigue Ngouonimba, e por uma representação do Gabão.

(portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Presidente da CEEAC defende construção de destinos comuns

O Presidente em Exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Ali Bongo, declarou este domingo que a única forma de tornar...
- Publicidade -

Pressão sobre o kwanza abranda no próximo ano

Analistas da Fitch Solutions prevêem ligeira recuperação na produção interna do petróleo e taxam a média da inflação nos 21,9 por cento até ao...

Obras da transformadora de café podem ser concluídas em 2021

A província do Uíge poderá ter, até Maio de 2021, uma nova fábrica de transformação de café, com capacidade para movimentar 700 toneladas por...

Angolanos recorrem ao método “Fazer Sócia” para sobreviverem

Para poderem comprar alimentos cada vez mais caros famílias e indivíduos angolanos têm que “fazer sócia”, um acto que consiste na junção de valores...

Notícias relacionadas

Presidente da CEEAC defende construção de destinos comuns

O Presidente em Exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Ali Bongo, declarou este domingo que a única forma de tornar...

Pressão sobre o kwanza abranda no próximo ano

Analistas da Fitch Solutions prevêem ligeira recuperação na produção interna do petróleo e taxam a média da inflação nos 21,9 por cento até ao...

Obras da transformadora de café podem ser concluídas em 2021

A província do Uíge poderá ter, até Maio de 2021, uma nova fábrica de transformação de café, com capacidade para movimentar 700 toneladas por...

Angolanos recorrem ao método “Fazer Sócia” para sobreviverem

Para poderem comprar alimentos cada vez mais caros famílias e indivíduos angolanos têm que “fazer sócia”, um acto que consiste na junção de valores...

Guiné-Bissau regista 14 novos casos para total de 2.403

A Guiné-Bissau registou na última semana 14 novos casos positivos para o novo coronavírus, num total de 2.403 infectados, e manteve o número de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.