- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Grande delegação na feira de Havana

Grande delegação na feira de Havana

20130211073216gr_dele1Mais de 140 expositores de 31 países participam na Feira Internacional do Livro de Cuba, que abre, quarta-feira, dia 14, com mil novidades editoriais e na qual Angola é convidada de honra.
Angola participa na iniciativa com uma delegação de 123 escritores, músicos e bailarinos de dança contemporânea e folclórica.
O assessor do Ministério de Cultura de Angola, Jorge Gumbe, afirmou, em Havana, numa conferência de imprensa, que a homenagem “é uma grande honra para Angola” e uma oportunidade especial de intercâmbio entre escritores angolanos e do resto do mundo.
A directora do Instituto Cubano do Livro, Zuleika Romay, referiu que nesta edição da feira estão à venda “cerca de mil novidades editoriais”. O público, declarou, tem oportunidade de se reencontrar com a obra do romancista uruguaio-cubano Daniel Chavarría, um dos escritores homenageados na Feira, autor, entre outros, de “El ojo de Cibeles”, “Viúdas de Sangre” e “Allá ellos e Joy”.
Cerca de 30 estrangeiros, entre eles a historiadora norte-americana Avi Chomsky, a escritora chilena Claudia Apablaza, Prémio Alba de romance 2012, o teólogo brasileiro Frei Betto e o acadêmico espanhol Juan Madrid participam da feira.
A feira celebra este ano, o 160º aniversário do nascimento do herói da independência e intelectual cubano José Martí.
O Parque Morro-Cabaña, nas margens da baía de Havana, é a sede anual da feira que também homenageia o historiador Pedro Pablo Rodríguez, Prémio Nacional de Ciências Sociais. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Renamo pede que Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional

A Renamo voltou a propor que o seu fundador e líder histórico Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional, uma proposta vista com bons olhos...
- Publicidade -

Moçambique: MDM acusa FRELIMO de atacar a sua comitiva em Inhambane

O partido no poder já negou as acusações da segunda maior força da oposição. Mesmo assim o MDM exige que a polícia esclareça o...

Beto Kaputo: “Fugimos com a farda e as armas portuguesas a partir de Cabinda”

“Boa tarde, eu sou o Beto Kaputo”. Foi assim que a equipa do Jornal OPAÍS foi recebida na residência deste general de três estrelas,...

Empresário condenado na Suíça por corrupção de quadros da Sonangol

A justiça suíça condenou ex-administrador de uma empresa holandesa, que reside em Portugal, por corrupção de vários quadros da petrolífera estatal angolana Sonangol. 5,8...

Notícias relacionadas

Renamo pede que Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional

A Renamo voltou a propor que o seu fundador e líder histórico Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional, uma proposta vista com bons olhos...

Moçambique: MDM acusa FRELIMO de atacar a sua comitiva em Inhambane

O partido no poder já negou as acusações da segunda maior força da oposição. Mesmo assim o MDM exige que a polícia esclareça o...

Beto Kaputo: “Fugimos com a farda e as armas portuguesas a partir de Cabinda”

“Boa tarde, eu sou o Beto Kaputo”. Foi assim que a equipa do Jornal OPAÍS foi recebida na residência deste general de três estrelas,...

Empresário condenado na Suíça por corrupção de quadros da Sonangol

A justiça suíça condenou ex-administrador de uma empresa holandesa, que reside em Portugal, por corrupção de vários quadros da petrolífera estatal angolana Sonangol. 5,8...

Ministério da Educação descontente com a suspensão das aulas presenciais na Escola Portuguesa de Luanda

O Ministério da Educação (MED) angolano reagiu com "surpresa" e "desagrado" à decisão da Escola Portuguesa de Luanda de suspender as aulas presenciais, a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.