- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Apresentado cenário do exercício "Zambeze Azul" das forças aéreas da SADC

Apresentado cenário do exercício “Zambeze Azul” das forças aéreas da SADC

181783_191749564188862_4570976_nO exercício “Zambeze Azul” das forças aéreas dos países da SADC, a ter lugar em Angola, em Junho próximo no centro-sul de África, o seu cenário desenrolar-se-á num país fictício, denominado “República Unida de Lumhosa”, e tem como capital política Saurimo (lunda Sul) e económica Luena (Moxico), sedes províncias respectivas.

Hoje, segunda-feira, a organização do evento, liderada pela Força Aérea Nacional angolana, apresentou à imprensa, delegados dos países participantes e adidos de Defesa Militar acreditados em Angola, os detalhes finais da manobra, mormente aspectos estratégicos, operacionais, tácticos e logísticos.

O país fictício (R.U.Lumhosa) é limitado a norte pela província da Lunda Norte, a oeste por Malanje e Bié, a sul Kuando Kubango e a leste pelas repúblicas Democrática do Congo e da Zâmbia, respectivamente.

A realização de eleições no país fictício, reconhecidas pela comunidade internacional como tendo sido transparentes, livre e justas, com vitória do partido no poder, despoleta um conflito após contestação dos resultados por alguns partidos da oposição, que se insurgem e procuram de alianças com países vizinhos hostis à Lumhosa (Matamba).

Em consequência regista-se clima de instabilidade, conflito armado, êxodo de populações para zonas mais seguras, particularmente em direcção em às fronteiras com países do leste (Lureia e Kulaya).

A tornar a situação mais crítica ainda, verificam-se tempestades naturais, chuvas torrenciais fora de época, inundações em resultado do transbordo das águas do rio Zambeze e o corte de vias de acesso das populações à Lureia e Kulaya.

Face à gravidade, a Conferência Extraordinária do Comité Permanente da Aviação Militar da SADC, a pedido da Força Aérea de Lumhosa, decide lançar a Operação de Apoio Humanitário às populações sinistradas.

O exercício “Zambeze Azul” é multinacional com carácter humanitário, realizado por efectivos de imposição e manutenção de paz, e enquadra-se no programa de exercícios bienais, deliberado pelo Comité Permanente de Aviação Militar da SADC (CPAM), na sua 14ª Conferência, realizada em Maputo, Moçambique, em Abril de 2012.

Visa testar a inter-operabilidade e compatibilidade dos meios aéreos da SADC, exercitar os comandantes e estados maiores na lida com a imprensa, bem como actualizar a doutrina colectiva e acordos de segurança.

Participarão efectivos e meios aéreos dos estados membros, sendo o critério de participação das tropas e disponibilização dos meios é baseado no princípio da voluntariedade e espontaneidade de cada país.

O objectivo é desenvolver, praticar e avaliar a doutrina da SADC no planeamento e execução das operações de apoio humanitário, melhorar a cooperação regional em situações do género, assim como compatibilizar o conceito de um exercício aéreo com uma operação real de assistência humanitária.

A primeira manobra do género, denominada “Blue Cluster”, em que Angola marcou presença, teve lugar na África do Sul, em Agosto de 2011.

Integram a SADC, Angola, Botswana, República Democrática do Congo, Leshoto, Madagáscar, Malawi, Ilhas Maurícias, Moçambique, Namíbia, Swazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Idoso de 89 anos é atacado por ter cartaz de Joe Biden no quintal

Um homem do Ohio, nos Estados Unidos, foi alvo de um ataque por ter um cartaz de apoio a Joe Biden no quintal de...
- Publicidade -

BNA recolhe informações sobre impacto da Covid-19

O Banco Nacional de Angola (BNA) está a recolher, com base num inquérito, informações sobre o impacto da Covid-19 nas Pequenas e Médias Empresas...

Banco Mundial aponta barreiras na abertura de conta bancária

A insuficiência de recursos financeiros, de documentos e falta de compreensão de como abrir uma conta estão entre as principais barreiras de acesso a...

Daniel Furlan diz que pode estar com inflamação no coração após Covid-19

O actor e comediante Daniel Furlan, do grupo Choque de Cultura, revelou que médicos investigam se ele está com uma inflamação na membrana que...

Notícias relacionadas

Idoso de 89 anos é atacado por ter cartaz de Joe Biden no quintal

Um homem do Ohio, nos Estados Unidos, foi alvo de um ataque por ter um cartaz de apoio a Joe Biden no quintal de...

BNA recolhe informações sobre impacto da Covid-19

O Banco Nacional de Angola (BNA) está a recolher, com base num inquérito, informações sobre o impacto da Covid-19 nas Pequenas e Médias Empresas...

Banco Mundial aponta barreiras na abertura de conta bancária

A insuficiência de recursos financeiros, de documentos e falta de compreensão de como abrir uma conta estão entre as principais barreiras de acesso a...

Daniel Furlan diz que pode estar com inflamação no coração após Covid-19

O actor e comediante Daniel Furlan, do grupo Choque de Cultura, revelou que médicos investigam se ele está com uma inflamação na membrana que...

Desaparecimento de Sindika Dokolo: as artes africanas perdem o seu “arauto”

Patrono, colecionador, activista, o empresário se consolidou em trinta anos como um suporte essencial para a criação no continente. O artista camaronês Omraam Tatcheda nunca...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.