- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Secretária-geral da Organização da Mulher Angolana exige punição severa contra agressores...

Secretária-geral da Organização da Mulher Angolana exige punição severa contra agressores das duas senhoras

20091023101223omaA secretária-geral da Organização da Mulher Angolana (OMA), Luzia Inglês “Inga”, instou hoje, domingo, os órgãos de direito, no sentido de punirem severamente os indivíduos que agrediram as duas senhoras expostas nas redes sociais na quarta-feira passada.

As duas mulheres acusadas de terem roubado uma garrafa de champanhe numa das lojas, em Luanda, surgem no filme a serem espancadas por vários homens, munidos com uma catana, bastões e mangueiras, deixando-as em estado de exaustão e desfalecimento.

“Como dirigente de uma organização feminina, mãe e esposa, não posso deixar de condenar esse acto horrível cometido por indivíduos irracionais contra senhoras indefesas, e peço aos órgãos de direito para a tomada de medidas urgentes e severas”, declarou.

Falando à Angop por telefone, a partir da África do Sul, Luzia Inglês manifestou-se bastante agastada, e condenou veementemente a acção, a qual considerou “selvajaria”, ao mesmo tempo que reiterou a punição dos agressores.

“Não é correcto que, depois de tantas vicissitudes que as mulheres angolanas passaram, desde a luta contra o colonialismo português até ao alcance da paz, ainda haja homens irracionais que as maltratam com tanta violência física e moral”, deplorou.

Segundo a responsável, é tempo das pessoas mudarem de postura e primarem pela reconciliação nacional efectiva e pelo desenvolvimento sustentável do país, e cerrar fileiras contra aqueles que procuram manchar a sociedade angolana.

Luzia Inglês enalteceu a Procuradoria-Geral da República (PGR) e a Polícia Nacional, por terem agido rapidamente, tendo exortado os outros órgãos de direito, no sentido de também agirem logo para fazer compreender os agressores de que estão errados.

Na passada quinta-feira, 7, a PGR tornou público um comunicado no qual garante que alguns presumíveis agressores se encontravam detidos na Direcção Provincial de Investigação Criminal (DPIC). (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Henri Lopes: “No Congo, a independência era assustadora”

Ex-primeiro-ministro e ex-embaixador do Congo na França, o escritor Henri Lopes conta a atmosfera confusa que reinou no Congo nas décadas de 1960 e...
- Publicidade -

RDC: batalha entre Kabila e Tshisekedi pelo controle do Tribunal Constitucional

Félix Tshisekedi e seu antecessor Joseph Kabila têm travado uma batalha feroz pelo controle do Tribunal Constitucional há várias semanas. Na véspera da posse dos...

Dinamarquês que matou jornalista num submarino tentou fugir da prisão

O dinamarquês condenado por torturar e matar uma jornalista sueca no seu submarino privado fugiu esta terça-feira da prisão, onde cumpre prisão perpétua, mas...

Conselheiro de segurança de Trump no Brasil para acordo comercial e campanha anti-China

Delegação americana quer passar mensagem de que o alinhamento do Brasil e da China pode compensar o mal-estar com Pequim. Chefe de uma delegação americana...

Notícias relacionadas

Henri Lopes: “No Congo, a independência era assustadora”

Ex-primeiro-ministro e ex-embaixador do Congo na França, o escritor Henri Lopes conta a atmosfera confusa que reinou no Congo nas décadas de 1960 e...

RDC: batalha entre Kabila e Tshisekedi pelo controle do Tribunal Constitucional

Félix Tshisekedi e seu antecessor Joseph Kabila têm travado uma batalha feroz pelo controle do Tribunal Constitucional há várias semanas. Na véspera da posse dos...

Dinamarquês que matou jornalista num submarino tentou fugir da prisão

O dinamarquês condenado por torturar e matar uma jornalista sueca no seu submarino privado fugiu esta terça-feira da prisão, onde cumpre prisão perpétua, mas...

Conselheiro de segurança de Trump no Brasil para acordo comercial e campanha anti-China

Delegação americana quer passar mensagem de que o alinhamento do Brasil e da China pode compensar o mal-estar com Pequim. Chefe de uma delegação americana...

EUA: Afluência às urnas favorece até agora Joe Biden

A duas semanas das eleições presidenciais e legislativas americanas uma coisa é certa: A afluência às urnas deverá este ano ser um recorde. Fazendo uso...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.