- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Ministros do partido do Presidente abandonam governo da Tunísia

Ministros do partido do Presidente abandonam governo da Tunísia

750675Os três ministros que integram o partido secular do Presidente da Tunísia, Moncef Marzouki, abandonaram o Governo de coligação liderado pelos islamistas do Ennahda, alegando que as suas reivindicações para mudanças dentro do executivo não estavam a ser atendidas.

A decisão dos representantes do Congresso para a República não está directamente relacionada com o processo de remodelação governamental anunciada na quarta-feira, explicou o porta-voz do partido, Ben Amor. “Esta posição não tem nada a ver com os planos do primeiro-ministro para formar um governo de tecnocratas”, declarou à Reuters Ben Amor. “Já tínhamos avisado durante toda a semana que se os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Justiça não fossem mudados, deixaríamos o Governo”, acrescentou.

A saída dos três membros do partido do Presidente deixa o primeiro-ministro, Hamadi Jebali, numa posição ainda mais delicada: não é só a remodelação do Governo, anunciada logo após o assassínio do activista e opositor de esquerda, Chokri Belaid, em resposta aos protestos da opinião pública, que fica seriamente comprometida; é também a sua permanência à frente do executivo que fica agora em causa. Ler mais

(publico.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

PR nomeia Jomo Fortunato ministro da Cultura

Em nota, a Casa Civil refere que antes, noutro decreto, o Presidente da República exonerou Adjany da Silva Freitas Costa, do cargo de ministra...
- Publicidade -

Última Hora: Libertados três jornalistas e um motorista detidos em manifestação no sábado em Luanda

Os três jornalistas e um motorista da Rádio Essencial que foram detidos no sábado, durante uma manifestação, em Luanda, foram libertados hoje à tarde,...

Movimento ameaça voltar às ruas se houver julgamento de manifestantes detidos

Autoridades negam, mas participantes e dirigentes da UNITA insistem que houve uma morte devido à repressão violenta do protesto de sábado em Luanda. Movimento...

UNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo da SADC

O general na reforma Abílio Kamalata Numa pediu a alteração da Lei Eleitoral de Angola, sugerindo que esteja alinhada com a lei-modelo da Comunidade...

Notícias relacionadas

PR nomeia Jomo Fortunato ministro da Cultura

Em nota, a Casa Civil refere que antes, noutro decreto, o Presidente da República exonerou Adjany da Silva Freitas Costa, do cargo de ministra...

Última Hora: Libertados três jornalistas e um motorista detidos em manifestação no sábado em Luanda

Os três jornalistas e um motorista da Rádio Essencial que foram detidos no sábado, durante uma manifestação, em Luanda, foram libertados hoje à tarde,...

Movimento ameaça voltar às ruas se houver julgamento de manifestantes detidos

Autoridades negam, mas participantes e dirigentes da UNITA insistem que houve uma morte devido à repressão violenta do protesto de sábado em Luanda. Movimento...

UNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo da SADC

O general na reforma Abílio Kamalata Numa pediu a alteração da Lei Eleitoral de Angola, sugerindo que esteja alinhada com a lei-modelo da Comunidade...

Seis jornalistas detidos na manifestação

O presidente do Sindicato dos Jornalistas de Angola (SJ) lamentou hoje a actuação da polícia durante a manifestação de sábado em Luanda e informou...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.