- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Parlamento Europeu veta orçamento aprovado pelos 27

Parlamento Europeu veta orçamento aprovado pelos 27

pedro-passos-coelhoPortugal ficou com 27,8 mil milhões para o período 2014/2020, menos 9,7% do que recebeu até 2013.

O Parlamento Europeu nem deixou os líderes dos 27 gozarem o acordo obtido sobre o orçamento comunitário para o período de 2014 a 2020. Mal Van Rompuy anunciou fumo branco num conselho que demorou mais de 24 horas, com várias propostas em cima da mesa, zangas, amuos e discussões dignas de um bazar, o alemão Martin Schulz, presidente do Parlamento Europeu, veio a público dizer que as verdadeiras negociações iam começar agora e os grupos parlamentares dos principais partidos europeus, populares, socialistas, liberais e verdes, emitiram um comunicado conjunto a recusar o orçamento aprovado. Isto é, volta tudo à estaca zero e o mais provável é que a saga orçamental se prolongue por vários meses, sendo muito difícil que entre em vigor em Janeiro de 2014. Em tempos de austeridade e de crise, eis uma péssima notícia para países como Portugal, que precisam como pão para a boca dos fundos comunitários para apoiar o crescimento da economia, única arma capaz de reduzir o desemprego, um dos flagelos da União Europeia, e tornar a dívida pública dos países sustentável. Ler mais

(ionline.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.