- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos trabalha no Moxico

Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos trabalha no Moxico

O Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Rui Mangueira, deslocou-se hoje, sexta-feira, a província do Moxico, numa visita de trabalho de algumas horas, onde vai constatar o actual estado de funcionamento do sector que dirige naquela localidade.

Durante a missão, o governante terá um encontro com os responsáveis provinciais do ramo, assim como vai visitar a Delegação Provincial da Justiça, o Departamento de Identificação Civil e Criminal, o Balcão Único do Empreendedor (BUE) e o Tribunal Provincial do Moxico.

Segundo consta ainda da agenda da visita, o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos vai aproveitar a ocasião para fazer uma avaliação global da administração da justiça no Moxico, reunindo com os magistrados judiciais e do Ministério Público.

A jornada de Rui Mangueira termina com uma reunião com os técnicos do sector, onde se fará a análise do grau de funcionamento dos vários serviços afectos ao Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos na província do Moxico.

O ministro, que chefia uma delegação integrada por directores nacionais e altos funcionários do referido pelouro, regressa a cidade de Luanda ainda na tarde de hoje (sexta-feira). (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.