- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ciências e Tecnologia Mamíferos não se cruzaram com os dinossauros

Mamíferos não se cruzaram com os dinossauros

ng2371504Este é o antepassado de todos os mamíferos com placenta que vivem na Terra, incluindo os humanos Fotografia © DR
Primeiro mamífero antepassado de cães e gatos e dos seres humanos não se cruzou com os dinossauros, porque só surgiu 200 mil anos depois da sua extinção

Pensava-se que os primeiros mamíferos teriam partilhado a Terra com os dinossauros, mas afinal não foi assim. Anos de análise da maior base de dados internacional que combina dados genéticos e fenotípicos (traços externos) das espécies, o MorphoBank, juntamente com o estudo de um esqueleto fóssil encontrado há quase 20 anos no deserto de Gobi, na Mongólia, viraram a teoria de pernas para o ar.
Afinal, a origem dos mamíferos com placenta, um grupo que inclui cães e gatos e também os seres humanos, remonta a um pequeno animal felpudo que comia insetos e que surgiu na Terra 200 mil anos depois de os dinossauros terem passado à história – ou seja, há cerca de 64,8 milhões de anos. Uma das espécies decisivas para este estudo, batizada como ‘Ukhaatherium nessovi’, tinha ossos epipúbicos (laterais ao osso púbico) e isso ajudou a deslindar o lugar dos mamíferos na árvores da evolução. Ler mais

(dn.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...
- Publicidade -

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Notícias relacionadas

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Último debate entre Trump e Biden com microfones silenciados

Faltam duas semanas para as eleições e as campanhas dos candidatos à Casa Branca já estão em contrarrelógio. Na quinta-feira, Donald Trump e Joe...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.