- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Mais transparência exigida à docência

Mais transparência exigida à docência

O ministro da Educação pediu , em Viana, mais rigor e transparência aos directores e professores das escolas durante o ano lectivo de 2013.
Pinda Simão, que falava durante a abertura do ano lectivo, alertou os professores para a necessidade de terem responsabilidade social e promoverem, de forma adequada, o método de ensino, ao mesmo tempo que exigiu aos directores a responsabilidade de gerir o acompanhamento do desempenho pedagógico dos educadores.
“Vamos começar um ano lectivo com salas cheias de alunos que começam o seu processo de formação e socialização fora do seio familiar. Há profissões que, pela sua especificidade, requerem mais atenção e rigor”, afirmou.
O mau trabalho do docente é um acto de irresponsabilidade profissional, sublinhou o ministro Pinda Simão, que considerou um dever denunciar e combater esta atitude, para não comprometer o futuro profissional das crianças e dos jovens, e mais tarde serem cidadãos autónomos e úteis ao país.
Pediu, ainda, aos directores das escolas para instruírem os alunos no sentido de os prepararem para o futuro e para o mercado de trabalho. “Devemos criar as condições indispensáveis para combater o desemprego, a fome, a pobreza, a desigualdade de género, a violência doméstica e, consequentemente, promover o desenvolvimento económico e social do nosso país”, acrescentou o ministro da Educação.
Pinda Simão afirmou que o Executivo tem trabalhado para que em cada ano lectivo as crianças e os jovens de todo o país tenham mais acesso às aulas, sobretudo com novos professores, “apesar de termos ainda um número considerável de crianças em idade escolar fora do sistema de ensino obrigatório, o que constitui uma situação triste”, lamentou Pinda Simão.
Há 15 anos, havia mais de três milhões de crianças fora do sistema de ensino e muitas delas frequentavam aulas em condições inadequadas, como debaixo das árvores, sentadas em latas de leite ou bancos, para poderem escrever sobre os joelhos, recordou.

“Em 2004, começámos a reforma educativa e no início deste ano lectivo vamos conhecer os resultados finais da sua avaliação geral. Se, numa primeira fase, as maiores preocupações estavam voltadas para a taxa de escolarização, agora temos obrigatoriamente de nos preocupar cada vez mais com a qualidade da aprendizagem das nossas crianças e adolescentes”, concluiu. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Angola com 263 novas infecções e 22 recuperados

O país registou, nas últimas 24 horas, mais 263 novas infecções, duas mortes e 22 pacientes recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...
- Publicidade -

Levantada suspensão a Justino Africano na CNE

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) anunciou, ontem, em Luanda, o levantamento da suspensão do presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) da Lunda-Sul, Justino Africano,...

Senado confirma Amy Coney Barrett juíza do Supremo Tribunal e é empossada pela Presidente

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta segunda-feira, 26, a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal. Como esperado, foram 52 votos a favor...

Sindicato dos Jornalistas Angolanos acusa a Polícia de prestar um mau serviço e não respeitar a Constituição

SJA desafia a PN a justificar o comportamento reiterado de atropelos e ofensas ao direito dos jornalistas. Enquanto o julgamento sumário de cerca de 100...

Notícias relacionadas

Covid-19: Angola com 263 novas infecções e 22 recuperados

O país registou, nas últimas 24 horas, mais 263 novas infecções, duas mortes e 22 pacientes recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...

Levantada suspensão a Justino Africano na CNE

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) anunciou, ontem, em Luanda, o levantamento da suspensão do presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) da Lunda-Sul, Justino Africano,...

Senado confirma Amy Coney Barrett juíza do Supremo Tribunal e é empossada pela Presidente

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta segunda-feira, 26, a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal. Como esperado, foram 52 votos a favor...

Sindicato dos Jornalistas Angolanos acusa a Polícia de prestar um mau serviço e não respeitar a Constituição

SJA desafia a PN a justificar o comportamento reiterado de atropelos e ofensas ao direito dos jornalistas. Enquanto o julgamento sumário de cerca de 100...

Parlamento suspende mandato a deputado do MPLA para responder a processo do Tribunal Supremo

Colaborador próximo de José Eduardo dos Santos, Manuel Rabelais é acusado de peculato e de violação das regras de execução do plano e do...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.