- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Cinco mil pessoas no funeral de líder da oposição

Cinco mil pessoas no funeral de líder da oposição

ng2371723Mais de cinco mil pessoas já estão reunidas em Tunes para o funeral do opositor Chokri Belaid, no mesmo dia que a Tunísia vive uma greve geral, tendo o governo enviado tropas do exército para várias cidades.

Uma multidão de mais de cinco mil pessoas já está reunida em Djebel Jelloud, um bairro do subúrbio ao sul de Tunes, para participar à tarde no funeral de Chokri Belaid, político anti-islamita e figura mediática desde a revolução de 2011, morto a tiros na quarta-feira.
A morte de Belaid desencadeou dois dias de violência em todo o país, registando-se a morte de um polícia e a multidão gritou palavras de ordem contra os islamitas do partido Ennahda, no poder.
A paralisação foi convocada pela União Geral Tunisina do Trabalho (UGTT) e por partidos políticos. Ler mais

(dn.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...
- Publicidade -

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Notícias relacionadas

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Rui Pinto e Júdice? “Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão…”

"Já lá diz a sabedoria popular: ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão..." Foi desta forma que Ana Gomes reagiu, no Twitter,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.