- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Minhotur assina acordo sobre inspecção com autoridade portuguesa

Minhotur assina acordo sobre inspecção com autoridade portuguesa

O Ministério da Hotelaria e Turismo (Minhotur), através do seu gabinete de inspecção e fiscalização, e a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), de Portugal, rubricaram hoje, em Luanda, um protocolo de cooperação no domínio da inspecção e formação hoteleira.
O acordo visa, sobretudo, a formação de formadores, a formação geral, a organização e desenvolvimento institucional, o apoio técnico, pericial e em meios materiais. Foram signatários pela parte angolana a directora do gabinete jurídico e de intercâmbio do Minhotur, Amélia Cazalma, e pela ASAE o inspector-geral, António Nunes.
Intervindo no acto, o director do gabinete de inspecção e fiscalização do Ministério da Hotelaria e Turismo, Índio Kamavo, referiu que o acordo surge da necessidade de se dotar os inspectores nacionais de instrumentos que os permita efectuar um trabalho que dignifique o turismo angolano.
De acordo com o responsável, o segundo aspecto que motivou a assinatura do documento é a formação de formadores, sob responsabilidade da ASAE, que para si oferece garantias por ser uma entidade pertencente à União Europeia (UE), com uma vasta experiência, a actuar em vários países e que usa o português como língua de trabalho.
“É uma mais valia para nós e pretendemos que esta cooperação dê os frutos que nós desejamos, muito mais a julgar pela boa cooperação existente também entre a ASAE e outras associações”, sublinhando que Angola precisa de uma inspecção forte, activa e actuante para que se possa corresponder com as necessidades do presente e do futuro.
Acrescentou que para o país possuir uma inspecção hoteleira forte precisa de beber experiências de outros países, em termos técnicos e tecnológicos. Por outro lado, o inspector-geral do Minhotur afirmou que Angola tem capacidade no que toca aos recursos humanos neste sector e que peca fundamentalmente nestes dois detalhes.
Por sua vez, o inspector-geral da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (de Portugal), António Manuel Marques Nunes, explicou que a entidade que representa se encontra no país a convite das autoridades angolanas, na perspectiva de organizar um conjunto de actividades com a maior brevidade possível.
Referiu que as acções da ASAE no país vão cingir-se na capacitação de inspectores de estabelecimentos hoteleiros e similares, para permitir os técnicos angolanos dominarem melhor os procedimentos e actores que integram o sector e obrigar que estes interajam em condições de higiene salutar e acautelem a saúde pública.
“A nossa disponibilidade no âmbito desta cooperação é total e manifesta-se, desde logo, em poder receber, em Portugal, inspectores para frequentarem o curso de formação de formadores, assim como em enviar a Angola equipas para munirem os quadros angolanos de novas técnicas, ferramentas, mecanismos e conhecimentos.
Entre outras individualidades, testemunharam a assinatura do acordo, cujo tempo de vigor não foi revelado, membros do Executivo angolano, com destaque para o titular do sector da Hotelaria e Turismo, Pedro Mutindi, representantes da Embaixada de Portugal em Angola, operadores turísticos e de associações afectas ao pelouro.
(portalangop.co.ao)
- Publicidade -
- Publicidade -

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...
- Publicidade -

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Notícias relacionadas

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Racismo e política externa dominam último debate nos EUA

Com mudança de regra, Donald Trump e Joe Biden fazem debate menos caótico, mas mantêm os ataques pessoais e as trocas de acusações. O segundo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.