- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Guiné Equatorial: CPLP trabalha para inclusão como membro da Comunidade em 2014

Guiné Equatorial: CPLP trabalha para inclusão como membro da Comunidade em 2014

Lisboa – A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) vai trabalhar para que a adesão da Guiné Equatorial se concretize em 2014, afirmou ontem (quarta-feira) o secretário executivo, afirmando que só falta um dos oito Estados-membros manifestar essa vontade.

“Só um Estado-membro neste momento ainda não mostrou a sua vontade de aceitar que a Guiné Equatorial entre [na CPLP]. Todos os outros sete Estados estão mais ou menos alinhados, por isso vamos trabalhar para que isso aconteça em 2014”, disse Murade Murargy aos jornalistas após a visita do primeiro-ministro de Cabo Verde à sede da organização.

O secretário executivo afirmou ainda que os países lusófonos devem ajudar a Guiné Equatorial a entrar nos princípios da organização, defendendo que “ninguém tem uma democracia perfeita”.

“Estamos todos a construir as nossas democracias e temos de ajudar a Guiné Equatorial a entrar nos nossos princípios, nos nossos objectivos e ser membro desta comunidade”, concluiu.

Murargy, que esteve no país candidato à CPLP na semana passada, insistiu que “há muitos avanços positivos sob o ponto de vista social”.

Exemplificou que a Cruz Vermelha Internacional está no país e já “visitou as cadeias todas”, tendo concluído que não há presos políticos.

“É melhor ter a Guiné Equatorial dentro do que tê-la fora”, afirmou.

“Eles querem o nosso carinho, a nossa aproximação, a nossa amizade.

Temos de fazer tudo para que eles entrem e contribuir para que eles também mudem”, acrescentou.

A Guiné Equatorial, país liderado por Teodoro Obiang desde 1979 tem estatuto de país observador na CPLP desde 2006, mas o processo de adesão tem sido adiado, devendo voltar a ser discutido na próxima Cimeira da organização lusófona, em Díli, capital de Timor-Leste, em 2014.

Na última Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, a 20 de Julho de 2012, a adesão plena da Guiné Equatorial foi de novo adiada e, ao contrário do que tinha acontecido dois anos antes, não foi fixado qualquer prazo para voltar a debater o assunto.

Nessa altura, o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Paulo Portas, manifestou-se contra a adesão plena da Guiné Equatorial à comunidade lusófona na Cimeira de Maputo, considerando que o país não fez “progressos suficientes” nas questões dos direitos humanos. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Comité Central do MPLA analisa a situação do País

O Comité Central do MPLA reúne-se, hoje, na quarta sessão ordinária, para analisar a situação política, económica e social do país, além de questões...
- Publicidade -

Esfaqueamento em Nice: Pelo menos três mortos e vários feridos no interior de uma igreja

Pelo menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas, num esfaqueamento, ocorrido na cidade francesa de Nice. O ataque aconteceu esta manhã, numa igreja....

Ministro Téte António desloca-se ao Congo Brazzaville

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, deslocou-se, esta quinta-feira, ao Congo Brazzaville. Segundo uma nota de imprensa a que a ANGOP teve acesso, Téte...

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro epidemiológico nacional registou, até às 19 horas desta quarta-feira, 203 novos casos, 46 pacientes recuperados e quatro óbitos. Entre os novos pacientes consta...

Notícias relacionadas

Comité Central do MPLA analisa a situação do País

O Comité Central do MPLA reúne-se, hoje, na quarta sessão ordinária, para analisar a situação política, económica e social do país, além de questões...

Esfaqueamento em Nice: Pelo menos três mortos e vários feridos no interior de uma igreja

Pelo menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas, num esfaqueamento, ocorrido na cidade francesa de Nice. O ataque aconteceu esta manhã, numa igreja....

Ministro Téte António desloca-se ao Congo Brazzaville

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, deslocou-se, esta quinta-feira, ao Congo Brazzaville. Segundo uma nota de imprensa a que a ANGOP teve acesso, Téte...

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro epidemiológico nacional registou, até às 19 horas desta quarta-feira, 203 novos casos, 46 pacientes recuperados e quatro óbitos. Entre os novos pacientes consta...

Terminal de passageiros do Porto de Cabinda a 70% de execução

As obras do quebra-mar e do terminal de passageiros do Porto de Cabinda apresentam uma execução física de 65 e 70 por cento, anunciou,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.