- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Seguro acusa governo de não ter estratégia credível para o país

Seguro acusa governo de não ter estratégia credível para o país

O secretário-geral do PS acusou o Governo de não ter uma estratégia credível para o país e considerou que “ainda estão por explicar” os critérios de ética que levaram à nomeação de Franquelim Alves para o Governo.

No final da reunião da Internacional Socialista, que decorre em Cascais desde segunda-feira, António José Seguro foi questionado sobre o relatório da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), que adverte para a probabilidade de o Governo não conseguir alcançar a meta definida para o défice orçamental de 2013 – 4,5% do PIB – por o Orçamento do Estado assentar numa previsão de encaixe de receita fiscal realizada em Outubro que se revelou sobreavaliada.

“Aqui está mais um exemplo, mais um dado que mostra que a estratégia do Governo não é credível. Até agora o Governo falhou todas as metas: falhou a meta do défice, falhou a meta da dívida, e isso tem consequências gravíssimas porque destrói empresas e destrói emprego”, afirmou Seguro, em declarações aos jornalistas em Cascais, cedidas à Lusa pela Antena 1.

O secretário-geral do PS defendeu que a melhor maneira do país sair da crise será “através de uma estratégia credível, com objetivos concretizáveis” que possa suavizar os sacrifícios dos portugueses. Ler mais

(ionline.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Renamo pede que Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional

A Renamo voltou a propor que o seu fundador e líder histórico Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional, uma proposta vista com bons olhos...
- Publicidade -

Moçambique: MDM acusa FRELIMO de atacar a sua comitiva em Inhambane

O partido no poder já negou as acusações da segunda maior força da oposição. Mesmo assim o MDM exige que a polícia esclareça o...

Beto Kaputo: “Fugimos com a farda e as armas portuguesas a partir de Cabinda”

“Boa tarde, eu sou o Beto Kaputo”. Foi assim que a equipa do Jornal OPAÍS foi recebida na residência deste general de três estrelas,...

Empresário condenado na Suíça por corrupção de quadros da Sonangol

A justiça suíça condenou ex-administrador de uma empresa holandesa, que reside em Portugal, por corrupção de vários quadros da petrolífera estatal angolana Sonangol. 5,8...

Notícias relacionadas

Renamo pede que Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional

A Renamo voltou a propor que o seu fundador e líder histórico Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional, uma proposta vista com bons olhos...

Moçambique: MDM acusa FRELIMO de atacar a sua comitiva em Inhambane

O partido no poder já negou as acusações da segunda maior força da oposição. Mesmo assim o MDM exige que a polícia esclareça o...

Beto Kaputo: “Fugimos com a farda e as armas portuguesas a partir de Cabinda”

“Boa tarde, eu sou o Beto Kaputo”. Foi assim que a equipa do Jornal OPAÍS foi recebida na residência deste general de três estrelas,...

Empresário condenado na Suíça por corrupção de quadros da Sonangol

A justiça suíça condenou ex-administrador de uma empresa holandesa, que reside em Portugal, por corrupção de vários quadros da petrolífera estatal angolana Sonangol. 5,8...

Ministério da Educação descontente com a suspensão das aulas presenciais na Escola Portuguesa de Luanda

O Ministério da Educação (MED) angolano reagiu com "surpresa" e "desagrado" à decisão da Escola Portuguesa de Luanda de suspender as aulas presenciais, a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.