- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Lubango conta com novos empreendimentos sociais

Lubango conta com novos empreendimentos sociais

Vários empreendimentos de impacto social foram inaugurados, no município do Lubango, no quadro do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural.
O governador da província da Huíla, João Marcelino Tyipingue, inaugurou na comuna do Hoque uma escola com seis salas e uma capacidade para 1.500 alunos do ensino secundário do primeiro ciclo.
As obras de construção da escola, que custaram aos cofres do Estado cerca de 20 milhões de kwanzas, duraram 120 dias.
O sector provincial da Educação tem registados 15 mil alunos do ensino primário ao secundário do segundfo ciclo, mas ainda possui 1.800 crianças fora do sistema do ensino.
No Hoque, o governador da Huíla inaugurou igualmente cinco casas evolutivas de dois quartos cada, infra-estruturas que existem também na localidade de Tchicala.
As casas foram construídas, ao longo do ano passado, duraram 130 dias e custaram 31 milhões de kwanzas aos cofres do Estado.
Com as inaugurações, os responsáveis municipais acreditam que as condições de acomodação e aprendizagem nas várias comunidades vão ganhar outra dinâmica.

O governador da Huíla pediu para que as infra-estruturas entregues às comunidades sejam bem cuidadas e conservadas, para que durem muitos anos e possam servir outras gerações. João Marcelino Tyipinge sublinhou que a escola e as casas, na comuna do Hoque, fazem parte dos esforços do Executivo e do Governo Provincial da Huíla em resolver os problemas da população, com destaque para o sector da Educação.
O governador da Huíla disse que constitui ainda prioridade a criação de condições de acomodação das populações, o reforço das instituições de saúde, melhoria das vias rodoviárias, fornecimento de água e energia eléctrica.
João Marcelino Tyipinge reiterou que novas infra-estruturas vão continuar a ser construídas para o bem-estar das populações, tendo apelado os alunos, professores, pais e encarregados de educação a servirem de fiscais das novas obras, colocadas á disposição das comunidades. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

RDC: Félix Tshisekedi defende “união sagrada” após tensões pró-Kabila

Nem dissolução do Parlamento, nem renúncia do governo. No final de uma semana tensa com seus aliados da Frente Comum para o Congo, Félix Tshisekedi...
- Publicidade -

Activista Paulo de Morais constituído arguido no caso “vestidos de noiva”

O facto acontece na sequência da queixa-crime por difamação apresentada em Portugal por Bornito de Sousa, vice-presidente de Angola, e a sua filha Naulila...

Deputados das 1ª e 9ª comissões votam a favor da suspensão de mandato e retirada de imunidades a Manuel Rebelais

Os deputados das 1º e 9ª comissões especializadas da Assembleia Nacional aprovaram hoje, sexta-feira, 23, por unanimidade, o relatório parecer que suspende o mandato...

A segunda parte do Lourencismo

Hoje sábado, 24 de Outubro, voltará a ser um dia tenso em Luanda. Em contexto de profunda crise económica, desemprego e carências, jovens activistas...

Notícias relacionadas

RDC: Félix Tshisekedi defende “união sagrada” após tensões pró-Kabila

Nem dissolução do Parlamento, nem renúncia do governo. No final de uma semana tensa com seus aliados da Frente Comum para o Congo, Félix Tshisekedi...

Activista Paulo de Morais constituído arguido no caso “vestidos de noiva”

O facto acontece na sequência da queixa-crime por difamação apresentada em Portugal por Bornito de Sousa, vice-presidente de Angola, e a sua filha Naulila...

Deputados das 1ª e 9ª comissões votam a favor da suspensão de mandato e retirada de imunidades a Manuel Rebelais

Os deputados das 1º e 9ª comissões especializadas da Assembleia Nacional aprovaram hoje, sexta-feira, 23, por unanimidade, o relatório parecer que suspende o mandato...

A segunda parte do Lourencismo

Hoje sábado, 24 de Outubro, voltará a ser um dia tenso em Luanda. Em contexto de profunda crise económica, desemprego e carências, jovens activistas...

Escassez de combustível em Mbanza Kongo atribuída ao contrabando

Mbanza Kongo - Munícipes de Mbanza Kongo, província do Zaire, afirmaram nesta sexta-feira que as constantes rupturas de combustíveis que se assiste na cidade...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.