- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Luanda: "Dois mortos" quando polícia impede manifestação

Luanda: “Dois mortos” quando polícia impede manifestação

Vários helicópteros, elementos das forças militares e uma força policial de mais de 300 efectivos foram movimentados esta Quarta-feira para travar uma manifestação marcada pelos moradores dos bairros Mayombe, Baixa de Cassange, Sequele 1 e 2, ao município de Cacuaco, em Luanda.

Isto na sequência da demolição de várias casas alegadamente construídas ilegalmente que deixaram cerca de 300 familias sem abrigo

Segundo os moradores a operação demolidora dirigida na última sexta-feira, pela Administradora Municipal do Cacuaco, Rosa Janota dos Santos, no bairro Mayombe, deixou dois mortos e vários detidos.

A manifestação foi dispersada pela força, disseram os residentes.

“Foram muitos policias e houve mortes e feridos” frisou um deles.

A Administradora Municipal do Cacuaco, Rosa Janota dos Santos, disse à Voz da América, que as demolições em curso não são parte de um plano municipal mas sim nacional, para colocação de uma vista turística naquela zona e que já se trabalha no reassentamento daquelas populações vitimas dos desalojamentos.

“A nossa parte como administração a nossa responsabilidade com o povo é transferir de um ponto para outro” disse.

“Eestamos fazer o loteamento e reassentamento da população,” acrescentou Rosa Janota dos Santos, administradora do Município do Cacuaco.

(voaportugues.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...
- Publicidade -

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Notícias relacionadas

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Último debate entre Trump e Biden com microfones silenciados

Faltam duas semanas para as eleições e as campanhas dos candidatos à Casa Branca já estão em contrarrelógio. Na quinta-feira, Donald Trump e Joe...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.