- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola França começa a retirar tropas do Mali em Março

França começa a retirar tropas do Mali em Março

O número de soldados franceses no Mali deverá começar a diminuir “a partir de Março, se tudo correr como previsto”, declarou o chefe da diplomacia francesa, Laurent Fabius, num entrevista ao jornal Metro, que será publicada quarta-feira.

“Penso que a partir de Março, se tudo correr como previsto, o número de tropas francesas deverá diminuir”, revelou Fabius, numa altura em que a França tem 4000 soldados no Mali.

“A França não tem a vocação de ficar de forma permanente no Mali. Os africanos e os malianos devem ser os garantes da segurança, da integridade territorial e da soberania do país”, acrescentou o ministro dos Negócios Estrangeiros.

“É por isso que vamos, progressivamente, passar o testemunho à Misma [a missão militar africana]. E continuaremos a actuar no Norte, onde ainda há focos terroristas”, disse também Fabius. Ler mais

(publico.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...
- Publicidade -

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Notícias relacionadas

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Rui Pinto e Júdice? “Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão…”

"Já lá diz a sabedoria popular: ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão..." Foi desta forma que Ana Gomes reagiu, no Twitter,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.