- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Enviado de Merkel avalia os projectos

Enviado de Merkel avalia os projectos

O secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto, recebeu ontem, em Luanda, o enviado especial de Ângela Merkel, Gunter Nook, que veio verificar do que foi feito desde a visita da chanceler alemã ao nosso país em 2011, e reforçar a cooperação entre Angola e a Alemanha.
Manuel Augusto disse aos jornalistas que “foram estabelecidos alguns compromissos e fizemos o balanço do que já se fez. Estão delineadas as áreas onde a Alemanha vai cooperar com Angola: sector da energia, geologia e minas e sector industrial”.
O enviado especial da Alemanha para África, Gunter Nook, estava acompanhado de uma delegação da qual fazem parte empresários ligadas ao sector da energia. O secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto, salientou que “os empresários já estão a trabalhar na barragem de Cambambe”.
O secretário de Estado das Relações Exteriores salientou que “a delegação chefiada por Gunter Nook vai continuar a fazer contactos com outros responsáveis angolanos da área económica, e levar à chanceler Ângela Merkel o balanço daquilo que foi feito até agora, a materialização do que foi decido pelos dois líderes no sentido de tornar a Alemanha um parceiro estratégico e que faça acções concretas que possam ter impacto positivo no nosso país”. A Alemanha vai apoiar Angola no sector da energia, geologia e minas e no sector industrial angolano.
O enviado especial da chanceler alemã, Gunter Nook, referiu que “o balanço da cooperação económica já foi feito. No sector de minas e energia vão ser concluídos outros contratos de uma empresa alemã especializada em levantamento de dados geográficos e geológicos que pretende ajudar na execução de planos da geologia em Angola”.
Gunter Nook disse que “a delegação tem dois representantes de grupos que produzem turbinas e outros equipamentos para barragens hidroeléctricas e vão poder ajudar no desenvolvimento de energias renováveis”. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...
- Publicidade -

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Notícias relacionadas

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Rui Pinto e Júdice? “Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão…”

"Já lá diz a sabedoria popular: ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão..." Foi desta forma que Ana Gomes reagiu, no Twitter,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.