- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Portugal e Angola realizam primeira cimeira bilateral ainda em 2013

Portugal e Angola realizam primeira cimeira bilateral ainda em 2013

Portugal e Angola vão realizar no segundo semestre deste ano a primeira cimeira bilateral, que terá lugar em território angolano, anunciaram hoje em Luanda os chefes da diplomacia dos dois países.

O anúncio foi feito à saída de um encontro de mais de uma hora de Paulo Portas com o Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, em que participou também o ministro das Relações Exteriores, Georges Chicoti.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português iniciou hoje uma visita de 48 horas a Angola destinada a reforçar as relações de cooperação.

“Há um campo muito vasto, muito largo para nós não só reforçarmos o que já está feito, como abrirmos novos caminhos em termos de cooperação, e por isso teremos em 2013 a primeira cimeira bilateral entre Angola e Portugal”, anunciou Paulo Portas.

Georges Chicoti referiu que a primeira cimeira Angola-Portugal se realizará no segundo semestre deste ano.

Paulo Portas disse que os dois ministérios dos Negócios Estrangeiros vão “trabalhar numa comissão mista com sentido pragmático, concreto, área a área, dossier a dossier, para que possa oferecer ao Presidente de Angola e ao primeiro-ministro de Portugal nessa cimeira conteúdos práticos, avanços concretos na cooperação entre os dois países”.

O ministro disse ainda ter transmitido “mensagens de amizade” do chefe de Estado português, Aníbal, Cavaco Silva, e do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, a José Eduardo dos Santos, que definiu como “um dos grandes líderes africanos”.

O chefe da diplomacia portuguesa acrescentou que transmitiu também a José Eduardo dos Santos o “compromisso firme” de Portugal em reforçar a relação bilateral que classificou como “única e insubstituível”.

O governante português considerou ainda, no que diz respeito ao relacionamento luso-angolano, que “as boas relações cuidam-se, as amizades protegem-se”.

“Aquilo que não forem os portugueses a fazer com os angolanos aqui em Angola serão outros a tentar fazer”, e vice-versa, vincou.

A importância de Angola em Portugal foi evidenciada por Paulo Portas com o crescimento das trocas comerciais bilaterais e das remessas dos emigrantes portugueses.

“Gostava que os portugueses soubessem que em 2012 as exportações portugueses para Angola cresceram mais de 30 por cento, e isso ajudou muito a nossa situação económica, que é difícil e que vamos ultrapassar”, disse.

“E gostava também que os angolanos soubessem que as suas exportações para Portugal cresceram muito, claramente na casa dos dois dígitos, o que significa que as nossas relações são mutuamente ganhadoras”, defendeu. (lusa.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

PGR diz que não existe mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro guineense

O Procurador geral da República, Fernando Gomes, disse que o ministério público não emitiu ainda nenhum mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro, Aristides...
- Publicidade -

José Carlos Delgado eleito Provedor de Justiça de Cabo Verde

O antigo presidente do Tribunal de Contas, José Carlos Delgado, foi confirmado pelo Parlamento, como o novo Provedor de Justiça de Cabo Verde. Parlamento aprovou...

A economia moçambicana cresce mas não cria poupança, alertam especialistas

Pouco mais de 36 por cento da população moçambicana adulta tem conta bancária. Moçambique assinala o Dia Internacional da Poupança, amanhã, 31, com o reconhecimento...

Ministério da Família preocupado com assédio moral e sexual

O Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU) apontou haver preconceito de género, assédio moral e sexual nas instituições de defesa...

Notícias relacionadas

PGR diz que não existe mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro guineense

O Procurador geral da República, Fernando Gomes, disse que o ministério público não emitiu ainda nenhum mandado de detenção contra o antigo primeiro-ministro, Aristides...

José Carlos Delgado eleito Provedor de Justiça de Cabo Verde

O antigo presidente do Tribunal de Contas, José Carlos Delgado, foi confirmado pelo Parlamento, como o novo Provedor de Justiça de Cabo Verde. Parlamento aprovou...

A economia moçambicana cresce mas não cria poupança, alertam especialistas

Pouco mais de 36 por cento da população moçambicana adulta tem conta bancária. Moçambique assinala o Dia Internacional da Poupança, amanhã, 31, com o reconhecimento...

Ministério da Família preocupado com assédio moral e sexual

O Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU) apontou haver preconceito de género, assédio moral e sexual nas instituições de defesa...

Medidas sanitárias adiaram projecções da Organização Mundial da Saúde

As medidas sanitárias adoptadas permitiram com que o país adiasse, por três meses, a cifra dos dez mil casos de Covid-19, prevista para Junho,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.