- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Os processos que enervam Angola

Os processos que enervam Angola

Em Novembro do ano passado, Paulo Portas deixou um aviso claro: disse que o Governo português “fará tudo o que está ao seu alcance para melhorar ainda mais as relações com Angola e não deixar que nada as prejudique”.
Portas, que está hoje em Angola para uma visita de dois dias, nunca se referiu diretamente ao inquérito-crime em curso no Ministério Público português a altos dirigentes angolanos. Os interesses estratégicos em Angola, país destino das exportações de oito mil empresas portuguesas e onde atualmente trabalham cerca 120 mil portugueses, terão falado mais alto. Mas as relações entre os dois países é feita de pedras nas engrenagens. E se Passos Coelho fez questão de lembrar, na sua última visita oficial a Angola, que Portugal tem várias empresas públicas em processo de privatização, já não poderá usar o mesmo sorriso para falar dos processos que enervam as autoridades angolanas.

Corrupção e branqueamento de capitais
Em Novembro do ano passado, o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa emitiu um comunicado a confirmar uma investigação a altos dirigentes angolanos, por suspeitas de fraude fiscal e branqueamento de capitas. Entre as figuras investigadas, conta-se o vice-presidente angolano e ex-número um da petrolífera Sonangol, Manuel Vicente, o general Hélder Vieira Dias, conhecido por “Kopelipa”, ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança de José Eduardo dos Santos, e Leopoldino Nascimento, consultor do ministro de Estado.

O processo teve início após uma queixa-crime de um professor universitário angolano, que recorreu a trabalhos do jornalista angolano Rafael Marques para instruir a participação. Foram ambos ouvidos pelo DCIAP durante a averiguação preventiva, tendo Rafael Marques juntado documentos aos autos. A confirmação do DIAP surgiu em Novembro do ano passado, um dia depois de o Jornal de Angola ter dedicado um editorial à notíciado Expresso, na qual o semanário dava conta da investigação em curso. O inquérito-crime foi aberto em Julho de 2012, após um ano de investigações do Ministério Público. Ler mais

(dinheirovivo.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...
- Publicidade -

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Notícias relacionadas

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Racismo e política externa dominam último debate nos EUA

Com mudança de regra, Donald Trump e Joe Biden fazem debate menos caótico, mas mantêm os ataques pessoais e as trocas de acusações. O segundo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.