- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Desde 1979: Egito recebe primeira visita de um presidente iraniano

Desde 1979: Egito recebe primeira visita de um presidente iraniano

Mahmoud Ahmadinejad e Mohamed Morsi no Aeroporto Internacional do Cairo. Fotografia © Presidência do Egito/Reuters
Mahmud Ahmadinejad é o primeiro presidente do Irão a visitar o Egito desde 1979. O líder iraniano chegou ao Cairo esta terça-feira para participar numa conferência de países islâmicos.

O Presidente iraniano foi recebido à porta do avião pelo seu homólogo egípcio, o islamista Mohamed Morsi, de acordo com imagens divulgadas pela televisão estatal.
Irão e Egito, que são membros da Organização de Cooperação Islâmica (OCI), não mantêm relações diplomáticas há mais de 30 anos. Ambos participam da 12ª cimeira da organização que se realiza nesta quarta e quinta-feira no Cairo. Teerão rompeu relações com o Egito em protesto contra os acordos de paz israelo-egípcio, concluídos em 1979 pelo presidente egípcio da época, Anwar al-Sadat.
Ahmadinejad expressou a esperança de que a sua visita abrirá o caminho para retomar relações entre os dois países. “Vou tentar abrir caminho para o desenvolvimento da cooperação entre o Irão e o Egito”, disse. Ler mais

(dn.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Renamo pede que Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional

A Renamo voltou a propor que o seu fundador e líder histórico Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional, uma proposta vista com bons olhos...
- Publicidade -

Moçambique: MDM acusa FRELIMO de atacar a sua comitiva em Inhambane

O partido no poder já negou as acusações da segunda maior força da oposição. Mesmo assim o MDM exige que a polícia esclareça o...

Beto Kaputo: “Fugimos com a farda e as armas portuguesas a partir de Cabinda”

“Boa tarde, eu sou o Beto Kaputo”. Foi assim que a equipa do Jornal OPAÍS foi recebida na residência deste general de três estrelas,...

Empresário condenado na Suíça por corrupção de quadros da Sonangol

A justiça suíça condenou ex-administrador de uma empresa holandesa, que reside em Portugal, por corrupção de vários quadros da petrolífera estatal angolana Sonangol. 5,8...

Notícias relacionadas

Renamo pede que Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional

A Renamo voltou a propor que o seu fundador e líder histórico Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional, uma proposta vista com bons olhos...

Moçambique: MDM acusa FRELIMO de atacar a sua comitiva em Inhambane

O partido no poder já negou as acusações da segunda maior força da oposição. Mesmo assim o MDM exige que a polícia esclareça o...

Beto Kaputo: “Fugimos com a farda e as armas portuguesas a partir de Cabinda”

“Boa tarde, eu sou o Beto Kaputo”. Foi assim que a equipa do Jornal OPAÍS foi recebida na residência deste general de três estrelas,...

Empresário condenado na Suíça por corrupção de quadros da Sonangol

A justiça suíça condenou ex-administrador de uma empresa holandesa, que reside em Portugal, por corrupção de vários quadros da petrolífera estatal angolana Sonangol. 5,8...

Ministério da Educação descontente com a suspensão das aulas presenciais na Escola Portuguesa de Luanda

O Ministério da Educação (MED) angolano reagiu com "surpresa" e "desagrado" à decisão da Escola Portuguesa de Luanda de suspender as aulas presenciais, a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.