- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Cientistas descobrem em África grandes aquíferos subterrâneos

Cientistas descobrem em África grandes aquíferos subterrâneos

A escassez, não só de água mas também de desenvolvimento económico, poderia deixar de ser um dos símbolos históricos de identidade do continente africano, se um dos seus grandes recursos naturais ocultos, e recém-descobertos, fosse aproveitado: os vastos aquíferos subterrâneos, que estão a ser mapeados.
Segundo um cálculo de volume dos aquíferos, realizado por um grupo de pesquisadores coordenado pelo hidrogeólogo Alan MacDonald, do Serviço Geológico Britânico (BGS, na sigla em inglês) e publicado na revista científica “Environmental Research Letters”, sob as areias e terras africanas, jazem mais de 500 mil quilómetros cúbicos de água.
Os especialistas do BGS, em parceria com pesquisadores da Universidade College London (UCL) mapearam detalhadamente a quantidade e o rendimento potencial deste recurso subterrâneo em todo o continente africano.
Da análise dos mapas hidrogeológicos actuais dos governos nacionais e de 283 estudos dos aquíferos, deduziram que vários países actualmente com escassez hidráulica têm uma reserva considerável de água subterrânea.
Segundo a hidrogeóloga Helen Bonsor, da BGS e uma das autoras do estudo, “o maior armazenamento de água subterrânea encontra-se no norte de África, nas grandes bacias sedimentares da Líbia, Argélia e Chade. A quantidade de armazenamento nessas bacias é equivalente a uma espessura de 75 metros de água, que é uma quantidade enorme”.
Além disso, os hidrogeólogos britânicos detectaram a presença de grandes reservas no litoral da Mauritânia, Senegal, Gâmbia e parte da Guiné-Bissau, assim como no Congo e na zona limítrofe entre a Zâmbia, Angola, Namíbia e Botswana.
De acordo com o BGS, os aquíferos africanos encheram-se de água pela última vez há mais de cinco mil anos e através dos séculos estenderam-se pela vasta área do Deserto do Sahara.

Nessa época, o Sahara era um enorme pomar, com lagos e vegetação de savana, mas transformou-se no maior deserto cálido do planeta há 2.700 anos após um lento processo.
Se estes recursos hídricos – equivalentes a 100 vezes a quantidade superficial de todo o continente – fossem aproveitados racionalmente, aliviáva-se um dos grandes problemas de África, onde habitualmente falta água para 40 por cento da população e, em 2011, houve a pior seca em 60 anos.
Segundo um relatório das Nações Unidas, a escassez de chuvas afectou neste ano mais de 10 milhões de pessoas no Corno de África, causando uma grave crise alimentar e o aumento dos índices de desnutrição em grandes áreas da Somália, Etiópia, Djibuti e Quénia.
Além das mortes a que a cada ano a África assiste aos milhares devido a doenças relacionadas com a falta de água potável e de condições de higiene e saneamento adequadas, a seca e a escassez nas zonas rurais e urbanas têm um impacto devastador na vida da população, especialmente a feminina.

(jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Dueto de Bonga com a marroquina Camélia Jordana, em Kudia Kuetu bate recordes de audiência em França (Vídeo))

Vejam o videoclip mais abaixo e tirem as ilações. O produtor musical Betinho Feijó mostra mais uma vez a sua competência técnica e artística...
- Publicidade -

Um tributo ao Bangão: Chilola de Almeida anima o live no kubico este domingo

O músico e compositor angolano Chilola de Almeida vai animar o live no kubico de domingo da TPA. No show que será feito em memória...

Morte de Sindika Dokolo: João Lourenço apresenta condolências a JES

O Presidente da República, João Lourenço, apresentou, nesta sexta-feira, 29, condolências ao ex-presidente José Eduardo dos Santos pelo falecimento de Sindika Dokolo. O coleccionador de...

O que se passa com Yuri da Cunha?

Notícias a circular nas Redes Sociais dão conta que o popular artista Yuri da Cunha está a viver momentos delicados na sua vida. Há relatos...

Notícias relacionadas

Dueto de Bonga com a marroquina Camélia Jordana, em Kudia Kuetu bate recordes de audiência em França (Vídeo))

Vejam o videoclip mais abaixo e tirem as ilações. O produtor musical Betinho Feijó mostra mais uma vez a sua competência técnica e artística...

Um tributo ao Bangão: Chilola de Almeida anima o live no kubico este domingo

O músico e compositor angolano Chilola de Almeida vai animar o live no kubico de domingo da TPA. No show que será feito em memória...

Morte de Sindika Dokolo: João Lourenço apresenta condolências a JES

O Presidente da República, João Lourenço, apresentou, nesta sexta-feira, 29, condolências ao ex-presidente José Eduardo dos Santos pelo falecimento de Sindika Dokolo. O coleccionador de...

O que se passa com Yuri da Cunha?

Notícias a circular nas Redes Sociais dão conta que o popular artista Yuri da Cunha está a viver momentos delicados na sua vida. Há relatos...

Moçambique: Ataque em Sofala atribuído à Junta Militar de Mariano Nhongo

O presidente da república Filipe Nyusi condenou esta quarta-feira, 28 de outubro, mais um ataque protagonizado pela auto proclamada junta militar da Renamo na...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.