- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Barco de guerra chinês teve navio japonês na mira e "trancou-a" para...

Barco de guerra chinês teve navio japonês na mira e “trancou-a” para disparar

Um navio de guerra chinês teve um barco japonês na sua mira, e “trancou-a”, ou seja, esta ficou pronta a acertar no alvo, no dia 30 de Janeiro, anunciou esta terça-feira o ministro japonês da Defesa, Itsunori Onodera. O Japão apresentou um protesto formal à China.

O incidente, como o ministro japonês lhe chamou, ocorreu junto das ilhas em disputa pelos dois países, no Mar da China. O Japão chama-lhes Senkaku, os chineses Diaoyu e são pequenos rochedos desabitados mas muito ricos em pesca e em gás natural.

As oito ilhas são disputadas há séculos. Porém, e de acordo com documentação pública chinesa (artigos em jornais, por exemplo), o Governo de Pequim manifestou o seu desinteresse na zona no início do século XIX. Na década de 1970, porém, com a descoberta dos recursos naturais, a disputa recomeçou. No ano passado reacendeu-se, devido à formalização da posse por parte do Japão (que comprou os ilhéus ao seu proprietário, um particular japonês), e a China a regir com patrulhas de navios de guerra. No mês passado, a China chegou a apreender um barco de pesca japonês, que foi posteriormente libertado.

“No dia 30 de Janeiro, um radar foi dirigido a um navio de uma escolta da defesa marítima japonesa”, disse Onodera, citado pela Reuters. O ministro explicou que se tratou de um radar que identifica um alvo e o fixa – uma vez feita esta operação, se a arma é disparada vai directa ao seu alvo. “Trata-se de um acto muito pouco normal. E reconhecemos que pode criar uma situação muito perigosa se ocorrer algum passo em falso”. Ler mais

(publico.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Comité Central do MPLA analisa a situação do País

O Comité Central do MPLA reúne-se, hoje, na quarta sessão ordinária, para analisar a situação política, económica e social do país, além de questões...
- Publicidade -

Esfaqueamento em Nice: Pelo menos três mortos e vários feridos no interior de uma igreja

Pelo menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas, num esfaqueamento, ocorrido na cidade francesa de Nice. O ataque aconteceu esta manhã, numa igreja....

Ministro Téte António desloca-se ao Congo Brazzaville

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, deslocou-se, esta quinta-feira, ao Congo Brazzaville. Segundo uma nota de imprensa a que a ANGOP teve acesso, Téte...

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro epidemiológico nacional registou, até às 19 horas desta quarta-feira, 203 novos casos, 46 pacientes recuperados e quatro óbitos. Entre os novos pacientes consta...

Notícias relacionadas

Comité Central do MPLA analisa a situação do País

O Comité Central do MPLA reúne-se, hoje, na quarta sessão ordinária, para analisar a situação política, económica e social do país, além de questões...

Esfaqueamento em Nice: Pelo menos três mortos e vários feridos no interior de uma igreja

Pelo menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas, num esfaqueamento, ocorrido na cidade francesa de Nice. O ataque aconteceu esta manhã, numa igreja....

Ministro Téte António desloca-se ao Congo Brazzaville

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, deslocou-se, esta quinta-feira, ao Congo Brazzaville. Segundo uma nota de imprensa a que a ANGOP teve acesso, Téte...

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro epidemiológico nacional registou, até às 19 horas desta quarta-feira, 203 novos casos, 46 pacientes recuperados e quatro óbitos. Entre os novos pacientes consta...

Terminal de passageiros do Porto de Cabinda a 70% de execução

As obras do quebra-mar e do terminal de passageiros do Porto de Cabinda apresentam uma execução física de 65 e 70 por cento, anunciou,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.