- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Portas é aguardado amanhã em Luanda

Portas é aguardado amanhã em Luanda

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Paulo Portas, inicia amanhã uma visita oficial de dois dias a Angola, revela um comunicado do Ministério das Relações Exteriores.
Paulo Portas é recebido em audiência pelo Presidente José Eduardo dos Santos e tem um encontro com o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti.
Esta é a terceira visita oficial de Paulo Portas a Angola, a primeira das quais foi em Julho de 2011, quando participou na reunião ministerial da CPLP, em que Angola assumiu a presidência rotativa daquela organização.

Programa de cooperação

Representantes do Camões-Instituto da Cooperação e da Língua (CICL) reuniram na sexta-feira em Luanda com a secretária de Estado da Cooperação, Ângela Bragança, para fazer o balanço do programa bilateral de cooperação, e abordar o processo de aprovação, pelas autoridades angolanas, do novo Programa Indicativo de Cooperação (PIC), em negociação.

O novo PIC, válido para o quadriénio 2010/2014, substitui o que caducou em 2010. Ângela Bragança e Francisco Almeida Leite, vogal do Conselho Directivo do CICL, consideram as relações bilaterais de cooperação “dinâmicas”, não se reduzindo aos prazos fixados nos acordos firmados. “Analisámos outras modalidades (de cooperação). O PIC para 2010/2014 está em estudo. Temos que andar mais lentamente para encontrar possibilidades, no quadro da crise que existe. Queremos fazer coisas que sejam possíveis de realizar, exequíveis, por isso estamos a negociar”, salientou a secretária de Estado.
Ângela Bragança adiantou que no encontro foram debatidas “novas modalidades de cooperação”, como a cooperação delegada e a triangular. “Todos os caminhos para que esta cooperação dinâmica que temos se mantenha, porque é uma cooperação ditada por uma história comum, uma unidade linguística e laços consanguíneos também”, considerou. “Angola vai manter-se a cooperar com Portugal.
No âmbito da crise vamos encontrar saídas. Não são saídas paternalistas de um e outro lado. São saídas de amigos, de parceiros”, frisou.
Francisco Almeida Leite, que terminou no sábado a visita de três dias a Luanda, disse que Portugal está actualmente a desenvolver “uma área muito importante que é a área da cooperação delegada”.
“Portugal aparece como executor de projectos com financiamento da União Europeia. Essa área é muito importante. Com as restrições orçamentais, temos que encontrar novas formas, mais criativas de continuarmos a ajudar os nossos parceiros e continuarmos em parceria com os Estados que são Estados amigos, como é o caso de Angola”, vincou. A delegação da CICL regressou sábado a Portugal e reuniu-se com os ministros que tutelam áreas em que se desenvolvem os mais importantes projectos da cooperação portuguesa em Angola: Educação, Saúde e Interior.
Estão neste caso os projectos “Saber Mais”, de formação de professores, Centro de Investigação Saúde em Angola (CISA), que engloba as vertentes de assistência médica, formação pós-graduada de profissionais e investigadores e produção de estudos na área da saúde, e técnico-policial.

(jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Angola com 263 novas infecções e 22 recuperados

O país registou, nas últimas 24 horas, mais 263 novas infecções, duas mortes e 22 pacientes recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...
- Publicidade -

Levantada suspensão a Justino Africano na CNE

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) anunciou, ontem, em Luanda, o levantamento da suspensão do presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) da Lunda-Sul, Justino Africano,...

Senado confirma Amy Coney Barrett juíza do Supremo Tribunal e é empossada pela Presidente

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta segunda-feira, 26, a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal. Como esperado, foram 52 votos a favor...

Sindicato dos Jornalistas Angolanos acusa a Polícia de prestar um mau serviço e não respeitar a Constituição

SJA desafia a PN a justificar o comportamento reiterado de atropelos e ofensas ao direito dos jornalistas. Enquanto o julgamento sumário de cerca de 100...

Notícias relacionadas

Covid-19: Angola com 263 novas infecções e 22 recuperados

O país registou, nas últimas 24 horas, mais 263 novas infecções, duas mortes e 22 pacientes recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...

Levantada suspensão a Justino Africano na CNE

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) anunciou, ontem, em Luanda, o levantamento da suspensão do presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) da Lunda-Sul, Justino Africano,...

Senado confirma Amy Coney Barrett juíza do Supremo Tribunal e é empossada pela Presidente

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta segunda-feira, 26, a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal. Como esperado, foram 52 votos a favor...

Sindicato dos Jornalistas Angolanos acusa a Polícia de prestar um mau serviço e não respeitar a Constituição

SJA desafia a PN a justificar o comportamento reiterado de atropelos e ofensas ao direito dos jornalistas. Enquanto o julgamento sumário de cerca de 100...

Parlamento suspende mandato a deputado do MPLA para responder a processo do Tribunal Supremo

Colaborador próximo de José Eduardo dos Santos, Manuel Rabelais é acusado de peculato e de violação das regras de execução do plano e do...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.